[SIN] KILLER: [Entrevista] --- HM : Conheça o novo editor.

sábado, junho 14, 2014

[Entrevista] --- HM : Conheça o novo editor.


Eu duvido que a cena do metal cristão já tem tido uma cobertura do nível HM. Eu sei que não, mas lanço o desafio aqui, se você conhece outra que fez isso, por favor, me conte. Doug V. Pelt passou a bola, talvez não tenha notado. O novo editor, David Stagg me contou um pouco sobre a mudança de cargo, de estagiário e amigo para chefe da revista. Não esqueça, se você quer sua banda num grande lugar, fica a dica.
Você é o novo manda-chuva da HM. Como foi essa negociação com o poderoso chefão da HM, Doug Van Pelt?

Doug e eu temos uma relação de trabalho maravilhoso. Comecei como estagiário em casa cerca de 10 anos e ter trabalhado com ele desde então. Sem entrar em sua vida pessoal, ele estendeu a mão para mim, quase como uma consideração a posteriori, para assumir a responsabilidade da revista. Eu estava em uma posição muito boa na minha vida para fazer uma oferta a ele, e o resto resolve-se se por si só

Eu notei que você não alterou o formato antigo da HM. Se você fez ou não, você poderia dizer como foi encarar esse compromisso?

Parte do objetivo final é permanecer sempre fiel ao que Doug imaginou para a revista: Cobrindo o bizarro, o intimidante mundo do metal a partir de uma perspectiva baseada na fé. Uma década atrás, quando eu era estagiário, estávamos travando batalhas: "Eles são uma banda cristã? Será que eles podem sair na revista?" Nos dias de hoje, o muro entre "cristãos" e "não-cristãos" - felizmente - está sendo demolido. Agora, há grandes bandas com crentes na base - Memphis May Fire, Being as an Ocean, que não são, de forma alguma considerado "bandas cristãs," pregam o amor em suas mensagens. Toda a mudança cultural, especialmente na América, tem permitido mais feedbacks e mais interesse das mentes pensantes que lêem a nossa revista, então só vê-los responder tão bem os desafios que temos tem sido muito encorajador.

Há um tempo e um lugar para adoração, mas a nossa revista foi projetada para alcançar o dark, o desesperado e solitário. Muitos de nós, inclusive eu, era um desses. Nossa cobertura será sempre buscar entreter, educar e inspirar o pensamento crítico.

Uma das grandes partes da revista, que eu mais gosto, é aquela coluna dedicada à bandas seculares --- que eu sempre vi como uma coluna coisa positiva. Como foi a experiência de entrevistar bandas satânicas declaradas como Behemoth e Watain? Quais foram as reações deles, quando você lhes disse que era uma revista cristã interessado em falar com eles? Fora a arte, você consegue ver a pessoa além da música e ver algo positivo e não apenas negativo?

A percepção do público daquilo que eles não entendem é quase sempre uma rejeição imediata. Eu não alego saber tudo, mas eu tento abranger o que eu não sei. No sentido mais direto, não tenho nenhuma preocupação ou dúvida sobre a minha crença em Deus e a minha salvação pessoal. Eu tenho um desejo pessoal e profissional por compreender a natureza da raça humana e da condição do nosso mundo de entropia, e – mesmo que a discussão inclua Deus ou não - Não sou eu quem deve decider, cabe ao artista. Nós sempre tentamos falar com bandas influentes, e se acontecer de ser Watain, Behemoth ou Cannibal Corpse, vamos fazer isso. Qualquer coisa para ajudar os crentes a impulsionar suas mentes e desafiá-los a pensar sobre outros pontos de vista

Sidenote --- Em todos os meus anos, eu realmente entrevistei só uma banda "satânica", e inclusive isso foi parcialmente um equívoco. Falei com o vocalista Erik Danielsson do Watain em Downtown Austin antes de um show no ano passado, e sua primeira pergunta para mim foi: "O que você quer falar comigo?" Essencialmente, eu expliquei-lhe o parágrafo acima, e ele embarcou. Ele não está com medo de minha opinião; ele meramente aprecia um discurso aberto sobre o propósito da humanidade. (Danielsson é um satanista teísta, que reconhece Satanás como uma entidade real, que é diferente do satanismo comum de "Anton LaVey" onde "Satã" é um arquétipo ou figura que representa alguma coisa, mas não é uma entidade real.)

Em geral, qual é a reação de bandas quando são abordados pela HM? Alguma banda já demonstrou não entender nada sobre o espírito da coisa, ou até mesmo não sabe a melhor forma de promover o seu material. Você pergunta sobre algo e eles responde outra coisa ... Tipo assim?
Isso raramente acontece. Em nossas entrevistas, nós fazemos o nosso melhor para não fazer quaisquer separações ostensivas de quem estamos entrevistamos. Uma boa entrevista rara vezes começa, "Nós somos cristãos e você não é. Diga-nos porque você não é." Mesmo dizendo com as melhores intenções, isso fala na forma de ser distinto, Eu vs Você.

Queremos contar a história do artista. A revista é sobre isso . Ela é como nos relacionamos como seres humanos, ajuda as pessoas a se relacionarem através das lutas da vida. Nosso objetivo é sempre a relação primeiro e contar a história do artista

Qual é o maior critério que considera para uma banda aparecer na HM? A fama? A fé de um ou mais mais no grupo ?

Pontualidade é o criador de decisões  mais importantes, por isso muitíssimas vezes, a questão se repete. Como uma revista mensal, é preciso certificar-se de que todos os lançamentos em vigor ​​estejam sendo cobertos, pois não vai demorar muito para outro ser lançado. Buscamos os influenciadores com arte . Nossa equipe editorial está constantemente em contato, bem; não há nenhuma maneira que eu poderia fazer nada disso sem o apoio de grupos inteligentes e sem medo. Estamos todos em diferentes partes do país, por isso ajuda a cobrir as nossas bases quando se trata de música nova.

O que deixa o entretenimento ainda mais potente é que, quando está apoiado com alguma causa de caridade, fica ainda mais forte. Inspiração e motivação. você consegue absorver esse tipo de sentimentos, emoções na música? --- Você já disse algo como, uau, essa música é para mim! Ou, esta canção é sobre mim ... e assim por diante ..
Claro! Sinceramente estou honrado pelas coisas que o Senhor me deu, e há definitivamente momentos em que um álbum chega minha porta e eu paro para admirar. Pode ser por razões puramente musicais; Eu adorei o raw, e nervosão metalcore do Silence the Messenger and Seeker, os dois novos recordes do ano passado. mas eu também aprecio o incentivo e espírito por trás novas bandas como Darkness Divided (Victory) e Silent Planet

Para fechar - me diga, como você tem contribui para um mundo melhor?
Todos os dias da minha vida, o meu único objetivo é que Seu nome seja o primeiro e último nome dos meus lábios. Estou aqui para amar como o Senhor nos amou primeiro; Ele estendeu a mão e me salvou da morte. Para fazer um mundo melhor, eu escolhi amar.

Eu gosto de algumas citações e um das minhas favoritos é esta --- "A grandeza de uma nação e o seu progresso moral podem ser julgados pela forma como seus animais são tratados." - Mahatma Gandhi -

Gostaria de comentasse sobre isso e compartilhasse uma que você gosta.

O resumo da moralidade ou a grandeza de uma sociedade segundo Gandhi não é baseado na forma como tratam os seus animais. É o parecer sobre o tratamento ético dos animais, um dos mais compartilhados e eu apoio dessas pessoas

Eu não sei muito sobre Gandhi, então não posso falar ao seu coração ou intenção.

Há um monte de citações que eu gosto, mas agora, o versículo que mantém fazendo barulho na minha cabeça é o frequentemente citado 1 Coríntios 13:13, Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor. É um dos versículos mais difíceis que eu já me deparei com. Eu entendo perder a esperança; Eu estive lá. Mas a única coisa que me segurou através do desamparo foi a fé. Isso é difícil para mim entender o conceito disso. No final dessa linha, eu sei que eu não era capaz de amar. Eu estava mal, sem condições para mudar a posição debaixo de um cobertor. Eu ainda estou tentando descobrir.


DS



Add : Eu pedi para o DVP fazer uma capa (c/David) ---- 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Please 'Like' all the time... If necessary, use words...

News

Instagram

Postagens populares

Pesquisar este blog