[SIN] KILLER: Outubro 2011

segunda-feira, outubro 31, 2011

Mortification | Saiba como ganhar 'um' baixo do Steve Rowe.


Você pode ajudar a tornar o 15 álbum do Mortification "Scribe of the Pentateuch" e do segundo álbum do Wonrowe Vision uma realidade através do apoio ao Life Achievement Program.


Todo mundo que doarem serão listados no novo álbum do  Mortification "Scribe of the Pentateuch" e do segundo álbum do Wonrowe Vision como uma nova legenda Achievement Program.

Doe US $ 50 e você receberá uma cópia assinada do 15 álbum do Mortification "Scribe doPentatech" mais uma cópia assinada do primeiro álbum do Wonrowe Vision, "Mission Invincible".


Doe US $ 100 e você receberá uma cópia assinada do 15 álbum do Mortification "Scribe do Pentatech" mais uma cópia assinada do primeiro álbum do Visão Wonrowe Vision, "Mission Invincible" e uma cópia do segundo álbum do Wonrowe Vision.

Todas as doações de US $ 100 ou mais também entram na corrida para ganhar o baixo do Steve.
Apenas declare em 15 palavras ou menos, com um ponto final no fim, "Por que você merece ganhar o baixo ", juntamente com o seu donativo PayPal.
Click aqui para ver o vídeo [no final o Steve toca uma (?) música...]

Low & Behold : Projeto gothic com músicos do Starflyer 59 e Demon Hunter.

Low&Behold : Blood Red 12" pre-order - Click Image to Close
Com um amor mútuo pelos sons melancólicos dos 30 anos passados, J. Martine R. Clark se uniram para formar Low & Behold. A proposta de seu debut, Red Blood, aponta para sombras do Sisters Of Mercy e Depeche Mode, enquanto a banda exibe sua própria abordagem original. Um momento favorito para os fãs do verdadeiro gothic/new wave. O Vinil vermelho em espessura, capa grossa revestido com a art impressa, será liberado para ser distribuído  perto ou no Halloween nos EUA. 

Saiba mais em Burnt Toast Vinyl.

Famoso ex-nazista americano retira tatuagens da face após 25 cirurgias

Fotos mostram evolução de operações que limparam face de Bryon Widner.

Arrependido, ele não conseguia emprego e teve patrocínio de R$ 59,2 mil.

Fonte : Do G1, com AP


Um famoso ex-nazista dos Estados Unidos, que comandava movimentos de supremacia branca violentos, terminou de se submeter recentemente a uma série de cirurgias na face que apagaram suas tatuagens, muitas delas de cunho racista. Fotos de Bryon Widner mostrando a evolução do processo foram divulgadas neste final de semana.

Widner foi um dos fundadores do grupo de skinheads conhecido como 'Vinlanders', que costumava promover ações violentas.

Arrependido de suas antigas convicções, o pai de dois filhos se mudou com a família para um lugar não divulgado e tentou reconstruir sua vida, mas as tatuagens eram um enorme impecilho para o convívio social e para arranjar emprego. Sua mulher, Julie, que também era uma líder nazista de referência, diz que chegou a temer que o marido usasse ácido na própria face em desespero.
Evolução das cirurgias que removeram as tatuagens na face de Bryon Widner (Foto: AP/Duke Tribble/cortesia da MSNBC e da Bill Brummel Productions)

Eles acabaram chegando a uma saída com uma ajuda improvável. Um grupo antirracistas que costuma divulgar o endereço de membros de gangues nazistas na internet e convocar protestos ajudou Widner a chegar ao Southern Poverty Law Center (SPLC), organização que já processou diversos grupos de supremacia branca por preconceito nos EUA.
saiba mais

 
A SPLC conseguiu uma doadora anônima para patrocinar as 25 cirurgias, feitas ao longo de 16 meses. Elas tiveram um custo total de cerca de R$ 59,2 mil. Em contrapartida, Widner aceitou dar palestras em um evento anual da organização, que reúne policiais de todo o país para discutir sobre contra-inteligência direcionada a ações de grupos skinhead.

Widner sofre de constantes enxaquecas por conta das cirurgias, mas está longe de se arrepender. "Elas são um preço pequeno a se pagar para ser um ser humano novamente", afirma.

Tatuagens nos braços de Widner ainda existem, mas podem ser cobertas por uma manga longa. Ele pretende cobrir com novas tatuagens aquelas que têm contexto político ou racista (Foto: Jae C. HongAP)
Tatuagens nos braços de Widner ainda existem, mas podem ser cobertas por uma manga longa. As das mãos também foram removidas. Ele pretende cobrir com novas tatuagens aquelas que têm contexto político ou racista (Foto: Jae C. HongAP)

O ex-nazista é visto fazendo uma oração antes do almoço com seus familiares (Foto: Jae C. HongAP)

Fonte: Txt e Pics - G1 -Mundo

Saint : Fotos de shows no Texas/US / Outubro de 2011

Um membro do CMR que o usa o nick de metalhead, postou fotos e comentou o show do Saint em Corpus Christi/TX - USA com a abertura do Shining Force e Thy Kingdom Come.Bom, pelas as fotos, imaginamos o quanto o Saint deve ser ao vivo.

:: Ok, acabo de voltar do show em Corpus Christi... e homem, foi excelente. Esses caras são verdadeiros profissionais, e eu não me refiro apenas musicalmente. Como pessoas, eles são fáceis de se aproximar e conversar, e apesar do comparecimento não ter sido o que deveria ter sido, eles ainda tocaram como se tivesse  10.000 pessoas lá. Que show!! De uma perspectiva de atuar ao vivo, o Saint é uma banda que pode facilmente se manter entre qualquer outra banda.

Set list para o show CC (eles me deram t o set list real que usaram no palco) :)
The Blade
The Choice
The Mark
Vicars of Fate
Phantom of the Galaxy
Steel Killer
Time's End
Too Late For Living
The Path
Holy Rollin'
The Vision
Hell Blade
...and for the encore:
Warriors of the Son
To the Cross
In the Night



Não, nada do próximo álbum, infelizmente. Mas tudo ok. Fiquei emocionado e privilegiado por conseguir ver todos eles. 







domingo, outubro 30, 2011

As I Lay Dying - Frontman - sobre as mudanças e interação com fãs.

Tim Lambesis comentou em seu blog o tema/título acima deste.
Alguns dias atrás eu estava verificando a programação de bandas de alguns amigos para ver se estariamos cruzando caminhos em alguma turnê em breve. Por exemplo, eu verifico o facebook do Evergreen Terrace de vez em quando na esperança de que eles venham tocar em San Diego, enquanto eu estou em casa ou que vamos tocar em Jacksonville, enquanto eles estão em casa. Eu mesmo tenho que verificar o facebook de minha própria banda, por vezes, para ver onde vamos estar nas próximas tours porque todos os que viajam parece se misturam às vezes.

De qualquer forma, toda a minha busca me levou a cerca de uma percepção muito interessante. Todo mundo sabe que a indústria da música está mudando rapidamente e é falado tanto que se torna irritante às vezes. Sim, há menos lugares para comprar CDs físicos e as bandas precisam sobreviver com o dinheiro do merch ou da renda dos shows ao vivo. As Bandas estão adaptando seus produtos (e até mesmo seu som às vezes) para manter-se com isso. No entanto, minha mais nova concepção é o quanto os fãs se mudam.
Notei no feed de notícias de uma banda em especial que postou uma nova canção na semana passada. Desde então, eles têm também postados algumas informações aleatórias / fotos quase inteiramente sem relação com o som de sua música. Porque o Facebook listas estatísticas em todos os lugares, eu não pude deixar de notar que as opiniões, gostos, e comentários sobre algumas fotos novas foram quase o dobro da contagem da canção nova. Por um segundo eu não podia acreditar, mas depois me peguei verificando alguns destes curtos posts ‘não de música’ também.
“Quando estreia uma música é” menos importante para os fãs que os pensamentos de um músico em festas ou moda ou o que quer, então é natural para os amantes da verdadeira música questionar o quão saudável a interação mais direta entre bandas e fãs realmente está na era da informação.
“Eu costumava conversar com bandas de amigo sobre a pressão de sua gravadora para gravar um registro melhor que o anterior”. Agora há mais pressão de alguns selos para postar informações sobre o que comeu no café da manhã, comentar sobre trending topics, e tirar fotos selvagens para imprensa.
"Eu não quero simplesmente reclamar. No entanto há uma grande quantidade de um bem que vem de um relacionamento ‘banda para-fã’ direto que não é controlado inteiramente por gravadoras mais. Eu sou capaz de pensar em voz alta através deste blog e os fãs podem me ajudar a digerir as coisas novas que estou aprendendo. Os fãs têm uma nova perspectiva que pode ajudar os músicos vêem a si mesmos ou as suas ideias a partir de um ângulo diferente. No entanto, eu ainda acho que mesmo algo nobre como um músico comentando sobre o seu / sua posição política é um tanto irrelevante quando se trata de decidir se eu gosto da música deles. Música ainda deve ser a atração inicial e espero ler todos os semi-inútil não-musical updates que nos ajudará a cair mais no amor com a música.
"Meu último pensamento sobre tudo isso é questionar as informações que a faixa etária / fã, dizem sobre nós. Estatisticamente analisar se o que os fãs estão vendo revela a verdade. A maioria de nós quer algo novo que seja fácil de digerir e apela para uma atenção limitada. Clipes curtos, imagens e propaganda são mais importantes do que o completo, canções complexas e belas, em muitos casos.
As bandas deveria mudar para interagir com seus fãs da forma que a maioria está pedindo? Ou deveria as bandas propositadamente ignorar o que seus fãs querem, às vezes para esticar os poucos que desejam mais conteúdo/ melhor? Não quero admitir que a composição musical ou ainda letras provocando interação é secundário..., mas eu também imagino que um blog prolixo como este que busca um diálogo mais inteligente com os fãs terá visões significativamente menor do que a foto sem camisa que eu estou pensando em postar na próxima semana.
As bandas deveria mudar para interagir com seus fãs da forma que a maioria está pedindo? Ou deveria as bandas propositadamente ignorar o que seus fãs querem, às vezes para esticar os poucos que desejam mais conteúdo/ melhor? Não quero admitir que a composição musical ou ainda letras provocando interação é secundário..., mas eu também imagino que um blog prolixo como este que busca um diálogo mais inteligente com os fãs terá visões significativamente menor do que a foto sem camisa que eu estou pensando em postar na próxima semana.

Guardian - Faz shows na Argentina em Dezembro/2011

O Guardian vai fazer quatro datas na Argentina em dezembro. Um dos quais é o retorno a Buenos Aires! Estamos todos ansiosos por isso.
Também parece que o Paraguai será uma parada e possivelmente, Venezuela (finalmente!).

Trabalhando em novas faixas juntos também. O novo Houseofguardian.com está muito melhor e será lançado em 18 novembro.

Rock and roll pra todos vocês. Ansioso para ver todos os fãs do Guardian e fazer barulho juntos!

Jamie


Fonte : http://jamierowe.com/
http://www.rockandvida.org.ar/

sexta-feira, outubro 28, 2011

mewithoutYou em tributo ao Nirvana.


A banda americana de Philadelphia, PA, mewithoutYou participa do tributo ao Nirvana, 'Come As You Are: A 20th Anniversary Tribute To Nirvana's Nevermind com a música "In Bloom".

+ info click aqui.
http://mewithoutyou.com
http://twitter.com/mewithoutYou
http://soundcloud.com/mewithoutyou

Heaven’s Metal Fanzine : Lança compilação e libera o download.


Nov/Dec Issue #89


A edição #89 de Nov/Dec 2011 do fanzine americano Heavens Metal, vem com um cd sampler (Free) de artistas dos selos Retroactive, Born Twice & Bombworks Records.
C/ Neal Morse (capa) /Crossforce, Orphaned Land, Behold the Kingdom, and more.
Para fazer o download, click no link Heaven's Metal #89 Compilation

::: Tracks List
1. BROKEN SILENCE - “Streets Of The Empty Soul “ from Discerning The Times (Retroarchives Edition)
2. MESSIAH - “Keep Searching” from Final Warning (Collector's Edition)
3. SAINT - “In The Night” from Time's End (The Originals: Disc Two)
4. VISION - “Rock This Town” from Streetfighter
5. DANIEL AMOS - “Ordinary Extraordinary Day” from Mr Buechner's Dream (Collector's Edition)
6. REX CARROLL & THE BLEED - “Stay The Same” from Take Back A Life
7. MASS - “Voyager (Look For The Edge)” from Fighter
8. BRIDE - “Metal Might” from Live To Die (The Originals: Disc Two)
9. AMAZIAH - “Say Goodnight” from Straight Talker (Legends Remastered Volume One)
10. BILL MASON BAND - “Out On The Streets” from No Sham! (Legends Remastered Volume Two)
11. MASS - “Left Behind” from New Birth (Anniversary Remasters Edition)
12. SAINT - “Too Late For Living” from Too Late For Living (The Originals: Disc Three)
13. THE REX CARROLL BAND - “Working Man's Blues” from That Was Then, This Is Now
14. DANIEL AMOS - “Better” from Shotgun Angel (Collector's Edition)
15. SAVIOUR MACHINE - “Carnival Of Souls” from 20th Anniversary/1990 Demo
16. DAGON - “Where Captains Fear To Sail” from Vindication
17. A HILL TO DIE UPON - “Adept Of Divinity” from Omens
18. SKIES - “Disease” from Bane & Rebirth
19. I AM THE MESSENGER - “Br007@L P00dI3” from The War Between
20. DISAFFECTION - “Metal Kombat” from Begin The Revolution

We The Gathered fala sobre sua 'magnum opus', Believer

We The Gathered on Facebook

Por Ken , do Highwire Daze

Em uma recente assinatura com a família Strike First / Facedown Records, We The Gathered apresenta sua própria marca dinâmica de Christian Melodic Hardcore que é tão pesada quanto inspiradora. A sua “magnum opus” estreante é entitulada “Believer”, e é um segmento de iluminada magnificência! Situados no estado da Pensilvânia, esperam ver a tour da banda por todo o país em apoio ao poderoso “Believer”. Decidimos nos reunir com We The Gathered para discutir sobre seus animados hinos de espiritualidade. Leia...


Apresente-se, diga-me o que você faz na We The Gathered e há quanto tempo a banda está junto?

Kyle: Oi pessoal, meu nome é Kyle. Sou baterista e faço quase todo o agendamento e coisas pra banda. Randy (nosso guitarrista) e eu começamos escrevendo material pra essa banda quando me mudei para área de Johnstown, em abril de 2010. Estamos juntos há um ano e meio, mas fizemos nosso primeiro show há pouco mais de um ano (18 de Setembro).

Onde a banda está situada e como é a cena da sua música local lá? Tem algumas bandas locais que você poderia recomendar?

Kyle: Todos os nossos membros vivem na área de Johnstown/Somerset, e praticamos em algum lugar entre elas. Ambas as cidades estão a cerca de 32 km uma da outra, então eu acho que é mais fácil dizer que somos de Johnstown.

Quando a banda começou, a “cena” nesta área estava mais do que morta. Tem provavelmente pelo menos 5 anos desde que esta área era considerada um local próspero, maravilhoso pra tocar. Vários meses depois que eu cheguei aqui, todavia, o último ponto de encontro acabou, e os shows em casas de eventos morreram completamente. Temos orgulho do fato de que temos feito um monte de trabalho pra fazer desta área da cidade natal da banda um lugar decente para se tocar de novo. Os shows estão acontecendo ao menos uma vez por mês, pelo que sabemos, os quais arrasam!

Gritem para nossos amigos locais, As Silence Settles, Burn False Idols e Forbearance!

[...]

Por favor, selecione duas músicas do Believer e o que inspiraram as letras.

Kyle: Nosso vocalista, Lance, na verdade escreveu uma nota no Facebook sobre isso!

“Oi galera, aqui é o Lance! Eu normalmente não escrevo nisto, mas eu sinto que os significados das músicas são tão importantes quanto as palavras que vocês lêem com elas. Então sobre as duas músicas postadas, eu escreverei sobre o sentimento que eu estava tentando mostrar através delas.

Believer

Esta música não é só sobre o que sinto, mas o que a banda sente como um todo. A um monte de gente dentro da comunidade cristã é dito por outros que, tudo que eles precisam, eles podem vir a estas pessoas. Esses podem contar com aqueles em seus momentos de necessidade. Bem, como muitos de nós sabemos, algumas destas pessoas são tão rápidas em se tornarem um ombro frio quanto estavam a oferecer uma mão. Portanto, rápidas em julgar baseadas em coisas que não deveriam importar em primeiro lugar. A base inteira desta música é dizer que como uma comunidade cristã precisamos permanecer juntos, ou nós nos separaremos.

Idolizer

Como muita gente já sabe, eu cresci numa família bastante destruída. Um lugar com grandes expectativas, e pouca tolerância para falhas. Eu cresci com um pai cuja esperança jazia no fundo de uma garrafa. Eu sei o que é essa dor, e é bem real. Uma coisa que quis abranger neste disco inteiro é que mesmo embora nós como banda tenhamos uma grande fé em nosso Pai Celestial, viemos de lares e somos como pessoas tão quebradas como todo mundo neste mundo. Eu sou um crente firme, contudo, isso sem as dificuldades que encarei, eu nunca teria me tornado metade do homem que me tornei. E é disto que a última parte da música fala. Que através de mim, e de todos que tem lutado, existe aquele pedacinho de esperança para se segurar. Nunca desista, e nunca deixe o mundo tirar o melhor de você.”

[...]

Você consideraria We The Gathered como uma banda cristã ou ministério? Por quê e por que não?

Kyle: Essa é meio que uma pergunta difícil. Acredito que todo mundo que tem nos visto ao vivo ou nos conhece pessoalmente diria que somos definitivamente uma banda cristã, com letras fortes e ministerialmente fundamentadas. Na vida real, nós visamos levar uma abordagem diferente do que a maioria das bandas cristãs. Nós tentamos focar mais em sermos boas pessoas integralmente e focando na esperança, amizade e positivismo em vez de citar versículos bíblicos os quais a maioria das pessoas não serão capazes de relacionar-se com. Espero que isso faça sentido!

Confira a entrevista completa (em inglês) em Highware Daze.

Free translation by Carol Mariana

Puritan : Novo e segundo álbum liberado 'free download'.


Puritan, banda de Vitória, Espírito Santo formada pelo o baterista e fundador do (Trino ) e o selo indie brasileiro (carioca) Golgota Records liberam o segundo full  '
Faixa de Gaza',   + art completa para  download free.

"Metal e Hardcore juntos sem nenhum pudor!" Márllon Matos / Golgota Records. 

Download full Click aqui.


[Bio/
http://www.facebook.com/puritan.mosh]  PURITAN surgiu em terras capixabas no segundo semestre de 2008 e em apenas alguns meses entrou no circuito de shows alternativos e gravou seu primeiro álbum: O FIRME FUNDAMENTO DO DESESPERO INCESSANTE. 
Com o álbum gravado e muita disposição, em junho/julho de 2009 a banda fez sua primeira tour em terras brazucas, cortando todo o país e passando por diversos Estados: Bahia, Maranhão, Pará, Tocantins, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro.

Em Vitória, cidade de origem, a banda apresentou-se em vários festivais importantes, arrebanhando os simpatizantes do metal e do hardcore, tornando-se assim já conhecida na cena local.

Seus 3 integrantes: Fábio Kiefer (bateria), Bruno Max (baixo e vocal) e Flávio Mello (guitarra), já haviam tocado em outras bandas de hardcore locais e juntaram-se formando o Puritan. E isso não com o intuito de fazer algo inusitado musicalmente ou ser a banda mais "malvada" da cena, mas pela simples vontade de divertirem-se tocando com fúria o que gostam e sentirem o prazer de ver a alucinação nos circle pits e moshs em todos os lugares por onde passam.

Puritan é diversão, sangue nos olhos, amizade... Nenhuma pretensão além disso.
As influências são várias... Desde o thrash oitentista, o death metal brutal até o hardcore em suas vertentes mais viscerais.

Sobre o nome PURITAN, a escolha se deu por dois motivos: o primeiro por sarcasmo, ironizando as pessoas que são "certinhas" demais. O segundo, pela sonoridade do nome mesmo, que lembra as bandas de metal extremo... Ops...Talvez seja outra ironia!!!

As letras abordam temas políticos, existenciais, sociais; enfim, tudo o que faz algum sentido para as pessoas que também vivem neste mundo conturbado, infeliz e confuso.

Afinal, ver sentido nas coisas é o que atualmente mais precisamos.

+ infos :
www.myspace.com/xxxpuritanxxx
www.twitter.com/PURITANmosh

Megadeth : Mustaine fala sobre protesto na Wall Street.

By Jay
Sempre incisivo em suas opiniões políticas, Dave Mustaine criticou o presidente norte-americano Barack Obama em relação à situação econômica e os protestos realizados em Wall Street.

“É assustador o que está acontecendo. O presidente dos Estados Unidos é o homem mais poderoso do mundo. Mas também é o presidente mais divisor que já tivemos. Nunca, em meus 50 anos de vida, vi um presidente jogar uma classe social contra outra. Jamais tinha escutado um presidente mandar o povo se juntar aos protestos em Wall Street, sabendo que há nazistas lá, pessoas que fingem se importar e só querem fazer parte do ‘movimento’. Esses protestos estão custando à polícia 125 mil dólares por dia. Quem está pagando por isso? O povo, através de impostos. Gostaria de ajudar a organizer algo sério, mas não acho que alguém conseguiria. Que protestem na Casa Branca, não em Wall Street”.
Fonte : http://vansucks.blogspot.com/2011/10/mustaine-ataca-obama.html

quinta-feira, outubro 27, 2011

Selos : Lançando material 'punk' especial de natal.

store.name
By Bill Roxx
Veritas Vinyl, Vinyl Remains e a Roxx Records estão muito orgulhosos de anunciarem um EP de Natal muito especial, intitulado “Christmas Party 2011 – The Candy Cane EP”. Apresentando alguns punk rock de natal classicos por: Three Kings (com os membros do The Crucified / Deliverance / The Sacrificed) False Idle, Absolved e Flat Earth Policy!

Esta edição estritamente limitada de 7 EP estará disponível em quatro cores diferentes de vinil (vermelho, verde, ouro e candy cane ). Estes estão sendo oferecido num único período e confeccionado apenas 500 peças e com o preço muito especial baixo, de 5,99 dólares cada, ou um pacote de 4 de todas as cores por apenas $ 20,99 e ‘just in time’ para o Natal!


Three Kings - Rudolph the Red nosed Reindeer: O que você recebe quando você cruza dois punks , Crucified com metal heads? Three Kings! TK é um projeto paralelo do Greg Minier (The Crucified) Jim Chaffin (The Crucified), Mike Phillips (Deliverance e The Sacrificed)). Como é bom ouvir o som desses três caras juntos aqui fazendo sua estreia mundial, faz você se perguntar, isso é mesmo uma faixa off ou haverá mais por vir? Só o tempo dirá!

False Idle - Christmas Tune: FI levou os hinos da igreja que você cresceu ouvindo e os transformou em obras-primas de punk rock na versão 2010, hinos de louvor punk rock. Em 2011 False Idle nos mostrou que eles têm habilidades com a música original para o novo "I Refuse" EP. E aqui temos um tratamento muito especial com o que pode fazer com uma canção old school, Christmas tune.

Absolved - Christmas Tune: Absolved nos mostra apenas como misturar um toque do som punk da velha escola e combiná-lo com apenas um toque de juventude e angustia e som hardcore e até mesmo tocando um pouco metal aqui e ali! Top, e um pouco de senso de humor você tem Absolved!! E quando você ouvir este 7 você começa a ouvir apenas o que eles podem fazer para uma música de Natal clássica disponíveis só aqui!

Flat Earth Policy - Christmas Tune: Intenso e recém saído da press e straight da cena Punk de Colorado temos o FEP! Fazendo sua estreia 7 faixa de Natal! Aqui nós começamos a ouvir este up e a próxima banda punk soando com tal, e não decepcionou!
Fonte : Press Release (inglês) : Veritas Vinyl

As I Lay Dying : Decas lançado com tour de promoção e headline.



O nomeado ao Grammy grupo de metal AS I LAY DYING tem o prazer de anunciar os detalhes de seu próximo lançamento DECAS e de "“A Decade of Destruction” tour" , ambos coincidindo com o aniversário da banda de 10 anos. Com mais de 1.000.000 de unidades vendidas nos EUA em apenas menos de 10 anos, de San Diego, a banda de metal AS I LAY DYING celebrará este marco com um lançamento DECAS muito especial, disponíveis em oito de novembro na América do Norte, 7 de novembro no Reino Unido e Europa, 4 de novembro, GAS, (Germany, Austria e Switzerland). DECAS celebra as conquistas do AILD, oferecendo três músicas inéditas, covers que prestam homenagem a apenas algumas das bandas que influenciaram eles, remixadas por INNERPARTYSYSTEM (Katy Perry, Ladyhawke, Thursday, Good Charlotte e muitos outros), Benjamin Weinman (The Dillinger Escape Plan), Kelly “Carnage” Cairns (Austrian Death Machine, War of Ages), and Big Chocolate (Asking Alexandria, iwrestledabearonce, Suicide Silence).

O track list completo:
1. Paralyzed
2. From Shapeless to Breakable
3. Moving Forward
4. War Ensemble (Slayer cover)
5. Hellion (Judas Priest Cover)
6. Electric Eye (Judas Priest Cover)
7. Coffee Mug (Descendents cover)
8. Beneath the Encasing of Ashes (Re-Recorded Medley)
9. The Blinding of False Light (Innerpartysystem Remix)
10. Wrath Upon Ourselves (Benjamin Weinman Remix)
11. Confined (Kelly "Carnage" Cairns Remix)
12. Elegy (Big Chocolate Remix)

Fonte: Press Release (Inglês) - Metal Blade.

quarta-feira, outubro 26, 2011

A Plea For Purging e a expectativa para o lançamento do novo álbum




Pouco mais de duas semanas. É o que falta para o nosso novo disco “The Life and Death of A Plea For Purging” ser lançado. Estamos tão animados por esse novo disco e esperamos que vocês todos também estejam! Esperamos que vocês tenham curtido as duas músicas postadas até agora, "The Life" e "Room For The Dead". Nosso vídeo da “Heart Of A Child” está na fase de edição agora mesmo e será lançado antes que você saiba. Estaremos tocando três destas novas músicas ao vivo, então certifique-se de estudá-las e cantá-las nos shows.
Se você escutou as duas músicas postadas e sabemos que você já quer o disco, sua melhor aposta é realmente pré-encomendar o álbum. Existem um monte de opções incluindo quatro estampas diferentes de camisas, o vinil Double LP (que vem com um single 7inch GRÁTIS num lado B exclusivo), posters, e é claro o atual CD. TODO MUNDO que pré-encomendar [o álbum] também entrará num concurso para ganhar uma guitarra da Schecter Guitars!

Texto original em inglês em PLEA
Translated by Carol Mariana

quinta-feira, outubro 20, 2011

Neal Morse : Capa do fanzine americano Heaven's Metal.



Nessa edição, #89 a entrevista com o Orphaned Land foi  feita  pelo o SIN KILLER (Norman Lima).


Updates! http://www.facebook.com/pages/Heavens-Metal-Fanzine/47526875933

quarta-feira, outubro 19, 2011

Live as Lions : Libera ep "Death is Overcome" free.

Live As Lions Disponibilizou seu ep "Death is Overcome EP" para download free. Eles já foram convidados para o C’Stone Fest 2012.
Para baixar, entre no facebook da banda ou click aqui.

-------------------------------- 
Influenciados por For Today, Bury Your Dead, Sleeping Giant, As I Lay Dying, August Burns Red,The Devil Wears Prada, Dream Theater, My Epic, Texas In July, Oh, Sleeper, Live As Lions é uma banda cheia- do-espírito hardcore de Fairbanks no Alasca.
Quem é LAS ? Nasceu do desejo de liberdade e verdade, num mundo que muitas vezes dá pouca esperança, no qual, o nível de honestidade lírica é inesquecível para cada ouvinte. Embora o conteúdo musical esteja muitas vezes colocado em segundo plano devido ao conteúdo lírico, este não é o caso LAL.
Enquanto tem sidos classificados como predominante, hardcore / metal, eles conseguem atravessar as linhas do gênero, mantendo seu som e ainda, se diferenciam tanto musicalmente como adepto, e inconfundivelmente pesado.
Sua mensagem e música se rivalizam uma com a outra em intensidade, mas trabalhar em conjunto e o que inexplicavelmente só é mais prevalente por sua performance ao vivo.

[free Trad - band bio] By Norman Lima

segunda-feira, outubro 17, 2011

Vídeo : John Elefante & Peter Cetera band.


John Elefante, ex-vocalista do Kansas cantando "Carry On Wayward Son" no Liberty Hall, na The Factory em Franklin, TN no dia 22/09/11. John está dividindo o palco com Peter Cetera e se apresentando com a Peter's band.


/ Youtube.

domingo, outubro 16, 2011

Lament : News - 18 anos de Spread the Word

A banda mexicana Lament está trabalhando no seu próximo lançamento, um ep com 5 músicas, entre elas, um cover do Bloodgood ‘Messiah’.
E junto a esse material, eles comemoram seus 18 anos de Rocking the world.


Review do seu último álbum, 2009, Renaissance (independent) 2009 , by  Scott Waters, 
http://www.nolifetilmetal.com/lament.html



Os mexicanos do Lament são implacáveis ​​e nunca desistem, apesar de ter que alterar de selos várias vezes e agora está sendo completamente sem a cobertura de um selo.."Renaissance" é o quarto novo álbum de estúdio da banda desde quando mudaram seu nome para Lament. Antes era Beheaded em 1997.
Com Renascença, a banda voltou para um som heavy metal melódico. Os vocais são baixo, guturais grunhidos e grows, embora eu hesitasse em chamar isso de death metal.

As músicas em si, misturam vários estilos de metal. "Soul", por exemplo, é meio heavy metal clássico, enquanto "Here Comes the Fire" é um pouco mais progressivo misturando doom metal e alguns riffs otimista são um thrash metal incerto. "Santo es Jehova", por outro lado é uma música curta, sem bateria ou guitarras.
Esta canção apresenta o que soa como uma flauta e uma espécie de instrumento de percussão com alguns soando muito estranho, vocais limpos cantado em espanhol.

Esta curta, trigésimo segundo de música, está meramente significando um interlúdio. Existem vários interlúdios em outras como esta, bem como, incluindo " Culture and Praise", que parece como uma espécie de canção indígena, e "Strings to Heaven", da qual é uma melancolia, guitarra e baixo instrumental que teria se encaixado bem no debut da banda. Da mesma forma, "Take This Life" é uma melódica, canção de adoração com base acústica.
Infelizmente os vocais limpos nessa música são um pouco embaraçoso e não funcionam tanto quanto os vocais mais duros utilizados na maior parte do álbum.

Para a maior parte, o resto das canções aqui são todas pesadas "Fields", "Move from the Valley", "Decisions", "He Is My Peace" e "Arrevientete", retorna a banda para um som pesado, com os vocais agressivos. " Move from the Valley" " é na verdade a primeira música completa thrash / death metal no álbum "He Is My Peace" e "Arrevientete" são ultra-rápidas, ultra canções rápidas de death metal também.
Como sempre ocorreu no caso do Lament, o álbum está cheio daqueles assinatura, melódico e levas de guitarras.

"Renaissance" foi gravado e lançado pela banda, por eles mesmos. Como tal, a produção não é estelar. O álbum tem um som cru, gutural e é um pouco magro, embora nada é demasiadamente distração em tudo. Guitarras, baixo, bateria, vocais, todos estão ok para ouvimos bem. O álbum foi bem masterizado, com tudo , o que trouxe até volumes modernos e firme. Apesar de ser um lançamento independente, a embalagem não é ruim, com uma capa desdobrável, seis painéis de arte e capa feitas por Michael Hrubovcak dos americanos Monstrosity, banda de death metal.

Mais informações sobre eles nos links abaixo


http://www.metal-metropolis.com/lament.htm
http://www.nolifetilmetal.com/lament.html
http://www.metal-archives.com/bands/Lament/6460

Listener fala sobre turnê e sua visão sobre 'bandas cristãs'

Dan Smith and Chris Nelson

www.IamListener.com


By Josh Drespeling


Chame de música falada, chame de “word-core” ou chame de devaneios poéticos do coração de um genioso e produtivo escritor infundido em paisagens sonoras musicais com vibrações decompostas. Qualquer que seja o selo que você escolha para impor ao Listener apenas arranharia a superfície da complexidade e da inerente simplicidade que simultaneamente se revelam nas canções de tal banda inventiva. O palavreado do Dan Smith arrasta a sua alma e abre um livro de comentário que contém um completo espelho da existência humana, sociedade e a própria vida. A tela para as divagações do Dan é estendida por Chris Nelson, com seus tons de guitarra assombrosos, percussão de lavadora, e vários outros sons encontrados. Listener derruba todas as noções de como uma banda deveria ser, não por uma mera questão de ser diferente ou excêntrica, mas antes como uma experiência de arte e som que tem ido muito bem.

Kingdom Extreme envolvida com ambos Dan e Chris do Listener numa varanda de trás em ruínas de uma galeria de arte independente em Butler, PA. Enjoy!

Vocês estão atualmente na “Thank You For Being A Friend Tour” com Josh [Scrogin, do The Chariot]. Eu sei que o Listener fez alguns shows com o The Chariot na Europa, mas como esta turnê surgiu junto?

Dan: Nós decidimos sair em turnê.

Chris: E nós temos amigos.

Dan: Nós gostamos de dizer uma frase: “We are golden like the girls” ( ‘somos dourados como as garotas’) e amamos o Golden Girls e queremos agradecer por vocês serem nossos amigos. Josh e Derrick são nossos amigos, e Chris e eu somos amigos. Derrick é amigo de Josh e Chris e Derrick são amigos , e todos nós somos amigos. Então quisemos ir para ver nossos amigos e fazer shows em diferentes cidades.

Esta turnê é um grande contraste com a que vocês acabaram de fazer na Europa, pelo menos em tamanho. Como é tocar em galerias de arte e casas de shows comparado aos clubes e eventos na Europa? Tenho certeza que a vibe é completamente diferente.

Dan: Sempre temos algo completamente diferente toda noite. É diferente todas as vezes.

Chris: Grandes shows “profissionais” são realmente a minoria pra nós. Não que não queiramos tocar neles, mas porque queremos tocar todos os shows. Tocar numa galeria de arte, porão ou casa não é diferente pra nós. Apenas gostamos de estar entre as pessoas. É diferente na forma de como os artistas estão tratando isto, mas pra nós é o mesmo show.

Sendo que Listener está no círculo de bandas cristãs, esse é um rótulo ou uma identidade que você aplica a si mesmo?

Dan: Hummm, não.

Chris: Eu diria que não. Eu sempre entro em boas conversas sobre isto. Sim, eu sou cristão e sim, Dan é cristão, mas eu acho que é uma coisa bem americana pegar a sua fé e colocá-la como modismo ou tema ou cultura, em vez de ser algo bastante santo que é bem pessoal. Para mim, é desconfortável para alguém que eu nunca encontrei antes e perguntar coisas acerca da minha fé sem ter qualquer tipo de relacionamento com eles ou nem mesmo ter falado com eles primeiro. Este nunca foi o objetivo da banda. Não que nós neguemos isto. Nós não queremos estereotipar a banda ou nos limitarmos a estas demografias, porque queremos tocar para todos. Dan gosta de dizer, quer sejam azuis, ou amarelos, ou...

Dan: Vermelhos.

Chris: Ou muçulmanos ou quem quer que seja. Este é onde queremos de fato estar. Então, eu diria que não, não nos rotulamos como uma banda cristã mais do que nos rotulamos como uma banda vegetariana. Eu repito que isto é uma coisa bem americana pra casualmente jogar fora sua fé como cristão. Em outros países poderíamos ser presos por nos destacarmos aqui da mesma maneira que estamos dizendo que somos cristãos. Isto é mais do que a realidade pra mim do que o que a América tem feito com o Cristianismo e a fé. Eu só não quero perpetuar isso como uma maneira de comercializar nossa banda.

Dan: Me chame de fanático ou só maluco, mas eu gosto de comercializar nossa música do jeito que ela soa e como nós trabalhamos duro para fazê-la; nossos shows ao vivo, nossos discos e as palavras que dizemos. Eu só quero que seja dado à nossa música um tratamento justo, e não comercializá-la de um jeito ou de outro.

Dito isto, eu sei que vocês tocam em alguns dos grandes festivais tais como Cornerstone e têm estado ao redor de bandas como For Today ou Sleeping Giant e um monte de outras que são bastante zelosas em transmitir sua fé e bastante audazes e sinceras quanto a isto. Como você enxerga estes tipos de bandas?

Chris: Honestamente, eu tenho descoberto que é mais importante pra mim não falar e ter a galera saindo conosco e conversando conosco, porque eles não conseguem explicar isto, em vez de alardear isso e fazer as pessoas ficarem irritadas. Eu quero viver uma vida cristã e não ter que reafirmar isso enquanto me escondo atrás de uma máscara. Existem um monte de bandas cristãs que sabemos que não vivem uma vida cristã. Nós só queremos ser honestos quanto ao tipo de pessoa que somos.


Veja a entrevista completa em inglês no Kingdom Extreme


Free translation by Carol Mariana

Cage : "Supremacy Of Steel" vem poderoso e majestoso!


Todos saúdem ao "Supremacy Of Steel"! CAGE, mais uma vez teve a grande sorte e forjou o seu sexto lançamento de puro metal mágico. Intitulado "Supremacy Of Steel", CAGE avançou outra vez, a frente de mais um passo gigante no caminho pela a grandeza do metal, e de novo entrega um Heavy Metal monstruoso. 
E está definido para lançamento mundial em 25 de novembro de 2011 pelo o selo Music Buy Mail na Europa e Heavy Metal Media nos EUA e resto do mundo.

Conhecido por criar grandes e memoráveis canções​​, capturando a essência do som NWOBHM clássico, e sempre soar único e moderno, o CAGE, de alguma forma sem esforço mostra como os limites do gênero pode ser empurrado, sem perder o que torna o som Heavy Metal um chamado mundial para os fiéis . Ao longo de 11 faixas, todos os elementos destruidores do CAGE são encontrados junto com novas surpresas que maravilhosamente respingam exatamente na dosagem certa.

A partir dos blast beats na abertura ‘ fest scream‘ de "Bloodsteel", aos misteriosos falsetes semelhantes ao do King Diamond em "Annaliese Michel", os fãs novos e antigos do CAGE estarão batendo suas cabeças com chifres (horns up) para ar ao longo deste ‘player’ inteiro pelas próximas décadas.

"Supremacy Of Steel" também contém a épica, há muito tempo esperada sequela de uma música (continuação) de "Hell Destroyer vs. Metal Devil" e um remake de sua inédita e cult canção clássica " Braindead Woman “".
Hinos como "Metal Empire" e "King Of The Wasteland" possuirá todos os fãs de Metal sem condições de resistirem a verdadeira , convincente emoção do metal.

Seu mais recente e grandioso lineup ainda inclui o desmesurado riff master, DAVE "Conan" GARCIA, a diversidade vocal e inigualável gama do cantor Sean "The Hell Destroyer" PECK, NORM baterista "The Legend" Leggio também o Psychotic Waltz, e estreando as novas adições, Thunder-thrash guitarrista STEVE "Bloodsteel" Brogden e o baixista incrível e um dos melhores da América, PETE "Hands Of" STONE.

Todo o power e speed de seu prévio award vencendo álbuns foi mais uma vez incrementado com baterias rápidas, um leva em chamas e riffs que vão ficar com você na noite, e o mais alto de desumanamente impossível gritos supersônicos. Isso tudo é sem sentido, sem grandes canções, mas o CAGE sempre teve suas composições como sua maior força e "Supremacy Of Steel" é absolutamente sem exceção. CAGE tem esculpido ainda outra pedra para caber na fundação que reforça o seu título de reis do power metal americano .

Como sempre, CAGE não se poupa das despesas quando se trata da apresentação e acondicionamento de seus produtos. A obra de arte incrível de MARC SASSO (DIO, HALFORD, MARVEL COMICS) mostra a banda em um cenário vivo, com o próprio Metal muito Godz olhando para baixo sobre o caos!

O livreto de 16 páginas interior é incomparável com vários artistas narrando o conteúdo de cada canção em cores vivas e realmente tem que ser visto para acreditar. Ele pode ser o livro mais caprichado do metal, o que não é exagero!

Eleita a melhor nova banda, em 1999, na competição da Hard Rock Unerhort, CAGE passou a ganhar o álbum do mês e álbum do ano com prêmios de cada versão subseqüente, em várias publicações e sites de todo o mundo. Os fãs de metal verdadeiro em todo o mundo adotaram CAGE como um dos poucos que podem entregar consistentemente a magia que só este tipo de som pode dar.
Tendo aumentado suas turnês ao longo dos últimos quatro anos mais e mais pessoas têm começado a experimentar o som do CAGE ao vivo e, portanto, a base de fãs para eles tem crescido muito nos últimos tempos.

Formada em 1992 no auge da era grunge em San Diego na Califórnia, não foi uma tarefa fácil para CAGE. Sua sede para a glória de metal era inabalável durante esses tempos de metal dark e, assim, seu compromisso com o gênero é igualado apenas por poucos. Abertura para as lendas IRON MAIDEN ,DIO, e JUDAS PRIEST, eles tinham que forjar seu som no mais quente dos fogos Viking. Sua amálgama de tudo que é bom em metal é usado orgulhosamente em seu couro preto e as mangas de aço brilhantes. Desafiando todos o que gostaria que eles acreditassem que o heavy metal estava morto.

O CAGE mostrou não só a América o "Supremacy Of Steel, mas eles carregam essa mensagem ao redor do mundo também. Agora, quase duas décadas depois, talvez seu melhor trabalho está aqui para você experimentar!

Os pacotes especiais das pre – 'encomendas’ estão disponíveis em  www.cageheavymetal.com e foram prorrogadas até 31 de outubro. Estes irão incluir duas faixas bônus, um adesivo especial, um cartaz colorido, um CDR com versões inéditas , faixas bônus e mais outras ‘Metal goodies’

O track list é o seguinte.

Bloodsteel featuring guest artist BITTERFROST
The Beast Of Bray Road
King Of The Wasteland
Metal Empire
War Of The Undead
Flying Fortress
Doctor Doom
Annaliese Michel
Braindead Woman
The Monitor
Hell Destroyer vs. Metal Devil

*Bonus tracks
Europe: Skinned Alive

Europe: Skinned Alive
USA  e no resto do mundo : Blood White And Blue 


Abaixo está um link para a música "Bloodsteel" do "Supremacy Of Steel", álbum que apresenta BITTERFROST artista convidado na guitarra. Ele pode ser encontrado em www.bitterfrost.com


Listen to "Bloodsteel": http://soundcloud.com/heavymetalmedia/bloodsteel
CAGE official website: www.cageheavymetal.com
CAGE on Facebook: www.facebook.com/cageofficial
Follow CAGE at www.twitter.com/cageheavymetal
Official video channel: www.youtube.com/cageofficialchannel

DISTRIBUTION IN EUROPE: MUSIC BUY MAIL
www.musicbuymail.eu

PRESS PROMOTION IN EUROPE: GABRIEL MANAGEMENTGabriel Management, a division of Gabriel Media
c/o Bart Gabriel, Skr. Poczt. 1306, 40-001 Katowice 1, Poland
mail@bartgabriel.com
٠ www.gabrielmanagement.eu

* Fonte : Press Release - Links acima

sábado, outubro 15, 2011

AS HELL RETREATS : Participa da USA "HOPE FOR THE NATIONS" TOUR 2011.



AS HELL RETREATS vai sair com YOUR MEMORIAL (Facedown Records), SOVEREIGN STRENGTH e FALL IN ARCHAEA na primeria tour anual, "Hope For The Nations".

Na volta, uma parcela dos rendimentos da turnê será doada para a Hello Somebody, indo para ajudar a alimentar crianças famintas. A turnê começa em 11 de novembro, em Johnstown, Nova York e o AS HELL RETREATSRETIROS estará encerrando a sua parte da turnê em 10 de dezembro, em Lynchburg, VA. A lista completa dedatas pode ser vista abaixo.

AS HELL RETREATS lançou seu debut via AIN'T NO GRAVE RECORDS Volition, no começo deste ano. A banda combina influência musical de metal progressivo e black metal enquanto realçando letras estimulante.
Recebendo comparações com Meshuggah – O álbum é "tão progressivo quanto ela é heavy, o que é notável para uma banda que ainda é tão jovem", disse a Outburn Magazine...


O vídeo da música " Matriarch" do álbum Volition pode ser visto aqui.

"Hope The Nations" Tour
Your Memorial +
Sovereign Strength *
As Hell Retreats #
Fall In Archaea ^

November 11th - Johnstown, NY @ Anthony's Pizza
November 12th - Buffalo, NY @ Broadway Joe's
November 13th - Dayton, OH @ The Attic
November 14th - Louisville, KY @ Sanctuary Music Venue
November 16th - Salinas, KS @ Indian Rock
November 17th - Denver, CO @ The Marquis
November 18th - Ogden, UT @ Mojo's Gallery
November 20th - Canoga Park, CA @ The Cobalt Cafe (Turkey Fest)
November 21st - Bakersfield, CA @ The Dome
November 23rd - Mesa, AZ @ The Underground
November 25th - Albuquerque, NM @ El Rey Theater
November 27th - San Antonio, TX @ The White Rabbit
November 28th - Houston, TX @ Caines Ashes
November 29th - Metairie, LA @ The Cypress
November 30th - Jackson, MS @ The Safehouse
December 2nd - West Palm Beach, FL @ The Speakeasy
December 3rd - Tampa, FL @ Transitions Art Gallery
December 4th - Jacksonville, FL @ Murray Hill Theater
December 6th - Douglasville, GA @ The 7 Venue
December 7th - Memphis, TN @ Escape
December 8th - Little Rock, AR @ Downtown Music Hall
December 10th - Dallas, TX @ Unsilent Music Festival
December 9th - Fredericksburg, VA @ The Refuge
December 10th - Lynchburg, VA @ Crosspoint Venue
December 11th - Toledo, OH @ Frankie's Inner City

Fonte (em inglês) AintNoGraveRecords

The Great Commission : [In] cabeçando tour com o A Bullet For Pretty Boy.



TGC encabeçou alguns dias atrás na tour " The Revision: Revise Tour" " com a banda A BULLET FOR PRETTY BOY e THE AIR I BREATHE.

O longa jornada do mês começa em Houston, TX e  faz o seu caminho em todos os EUA, circulando de volta para Fort Worth, TX para fechar em 06 de novembro. THE PLOT IN YOU, LEGACY e CASINO MADRID também estarão aparecendo em datas selecionadas. A lista completa de datas pode ser visto abaixo.

"The Revision: Revise Tour"
10/07 Houston, TX - Cains Ashes
10/08 Tyler, TX - The Spot
10/09 San Antonio, TX - White Rabbit
10/11 Mobile, AL - Alabama Music Box
10/12 Tampa, FL - Transitions Art Gallery
10/13 Lake Worth, FL - The Speakeasy
10/14 Macon, GA - The 567
10/15 Chattanooga, TN - Warehouse Venue
10/16 Douglasville, GA - The 7 Venue
10/17 Cookeville, TN - Amps & Ramps
10/18 Lexington, KY - Porter Memorial Baptist
10/19 Tyor, OH - The Rec
10/20 Greensburg, PA - 42nd Street Rock House
10/21 Vineland, NJ - Hangar 84
10/22 St. James, NY - The Sports Arena
10/23 Poughkeepsie, NY - The Loft
10/24 Syracuse, NY - Lost Horizon
10/25 Hokendauqua, PA - Planet Trop Entertainment
10/27 Toledo, OH - Frankies Innercity
10/28 Mt. Clemens, MI - The Hayloft
10/29 Barrington, IL - Rock Room
10/31 St. Paul, MN - Station 4
11/01 Des Moines, IA - Vaudeville Mews
11/02 St. Louis, MO - Fubar
11/03 Springfield, MO - Outland Ballroom
11/04 Little Rock, AR - Downtown Music
11/05 Oklahoma City, OK - Conservatory
11/06 Fort Worth, TX - Tom Cats West


The Great Commission lançou seu debut Heavy Worship pela AIN'T NO GRAVE RECORDS no início deste ano. Levando uma mensagem firme através de suas letras, TGC traz todo um novo significado para a palavra "Heavy" com três guitarristas no seu lineup de seis membros.

O vídeo da música "Weight Of The World" pode ser visto aqui.

"As letras são convincentes e tão incisiva quanto a música." Jesus Freak Hide

Fonte : (Em inglês) AintNoGraveRecords

sexta-feira, outubro 14, 2011

Saint : Tributo - Algumas bandas confirmadas.


Como todos vocês sabem, o CMR está agitando um tributo ao Saint e o esquema para participar também foi dito, escrito aqui. Click Aqui para saber.

O site - CMR - Atualizou as bandas e músicas.

Lordchain - "Through You"
Krig - "Star Pilot"
Frost Like Ashes - "Plan II"
Grave Robber "In The Night"
Celtic Phoenix  "Full Armor"


O Saint toca nas cidades Beaumont e Corpus Christi no Texas/USa, no final de outubro, 2011.


more info : http://www.saintsite.comhttp://www.facebook.com/saintband

quinta-feira, outubro 13, 2011

Mortification : Troy Dixon fala sobre ep.


Questionado sobre o bonus a ser incluso no ep do Mort, Troy Dixon respondeu o seguinte para o responsável do blog Mortifination, Marllon Matos.

Você poderia dizer qual o bonus que acompanha o ep "Scribe Of The Pentateuch".
Para auto-soltar um álbum enquanto a banda não está sem selo no momento,custaria cerca de $ 20.000 dólares australianos, para conseguir (a mais ) uma impressão de qualidade, decente e profissional. 

Nós não temos esse tipo de dinheiro no momento e achamos que como o Mort nunca fez um ep antes, pelo o menos, poderiamos dar aos fãs algo novo para injetarem em seu estéreo ...
Se os fãs gostam e legalmente comprassem os álbuns,então com certeza poderia permitir que gravássemos mais ótímas músicas.
É por isso que comprar discos e merchandise legalmente é importante para nós e os outros artistas ..
Isso é o que mantém as bandas em atividade / sobrevivendo ...

Acho que você só vai saber sobre a faixa bônus quando ela for lançada, e eu não sei ao certo o que temos finalizamos até o momento, porém posso garantir que será um 'doce'...

Miracle está de volta?

 
Você acredita em milagres? Ok! A banda de heavy/power Miracle (Curitiba/PR) está de volta, pelo o menos no facebook... hahahah.
Eles chamaram atenção do underground com sua música e shows e depois de um certo tempo sumiram do mapa. Receberam ótimos reviews o que rendeu várias apresentações fora de sua cidade, tocando em outros estados também. Eu vi esses caras ao vivo, na época de ep Soldiers of Light e realmente parecia que o destino deles era cairem nas mãos de um grande selo.

De acordo com os posts em suas páginas, facebook e twitter, eles estão com um novo estilo de música, chamado por eles
de alternativo, adotado depois que voltaram dos States. Mas o que conta mesmo é o comeback, e são bem vindos...Com essa nova temporada, qual desejo que seja longa.
Fizeram falta, muita mesmo.!
Read more : http://www.facebook.com/miracleonline
Twitter @Miracleonline

quarta-feira, outubro 12, 2011

Grave Forsaken | O guitarrista Simon deixa a banda.



Um G'day a todos, aqui é o Vaughan  do Grave Forsaken  com a atualização mais recente.
Depois de algumas discussões recentes, o guitarrista Simon Hoggett decidiu dar por terminado sua sua passagem pela banda.

Simon nos informou que ele sentiu que precisava passar por outros empreendimentos. Simon teve duas passagens na banda, desempenhando um papel crucial no desenvolvimento do nosso som ao longo dos últimos anos.

É uma pena que não deu certo a longo prazo com Simon, mas entendemos que ele não pode continuar com algo que simplesmente não está a trabalhar para ele.

Ele foi completou todas as suas partes de guitarras no álbum mais recente, de modo que o lançamento será o seu 'canto do cisne' com a banda. Ele tem escrito e feito mesmo algumas coisas Killers no álbum. Em nome de Matt, Elias e eu, agradecemos a Simon por sua contribuição para a banda ao longo dos últimos anos. Ele realmente fez a diferença para a banda.

Então, o que o futuro reserva agora? Elias, Matt e eu tomamos a decisão de que vou voltar ao meu papel como guitarrista / vocalista da banda. Aqueles de vocês que têm vindo seguindo a banda por um tempo vai, sabem que eu tocava guitarra desde 2004 até 2009, quando Simon entrou para o grupo. Eu gostei de me concentrar unicamente no meu papel como vocalista nos últimos dois anos, mas eu estou realmente animado em pegar a guitarra novamente.

Tem havido uma boa quantidade de interesses no novo álbum. O mix está num bom caminho e estamos recebendo toda a arte, foto e encarte juntos em prontidão para o lançamento.

Assim que nós tivermos os detalhes concretos sobre a data do lançamento vamos deixar vocês saberem. Estamos muito interessados ​​em soltar isso, mas há sempre coisas que precisam ser organizadas antes que possa acontecer. A gravação deste álbum vibração foi tão positiva, e que realmente vem através das gravações final.

A vibe nas gravações deste álbum foi tão positiva, que realmente aparece através das gravações finais.

Lembre-se que, cada dia todas as coisas acontecem por uma razão no plano de Deus para nossas vidas. Mantenha o foco em Cristo durante cada hora de cada dia, porque você nunca sabe quando o inimigo vai atacar os nossos pensamentos. Eu fui abençoado por ter experimentado uma renovação em Cristo ao longo dos últimos meses, e é tão verdadeiro isso, que se você se aproximar Dele, ele vai atrair você. Nosso Deus é um grande Deus e só ele é digno de nosso louvor.

Fique firme na fé e serva a Deus.

Até a próxima vez, Deus os abençoem e Rock On!
GF

http://www.graveforsaken.com/fr_home.cfm

Slechtvalk | Confirmado para o festival alemão Blast Of Eternity - 2011



O holandês Slechtvalk  está confirmado para tocar na edição de 2011 (11 e 12 de novembro) do festival alemão Blast Of Eternity.


Read more http://blastofeternity.de/

Theocracy | Novo álbum As The World Bleeds - Anunciado


A banda americana (Athens, Geórgia) de metal melódico Theocracy lança seu novo álbum "As The Bleeds World" em 25 de novembro na Europa, através do selo Ulterium Records e em 21 de novembro, na América do Norte via  Nightmare Records. O álbum também será lançado como uma edição em vinil duplo com capa dobrada grossa, estritamente limitada a 500 cópias no mundo todo.




"As The World Bleeds" track listing;


01. I AM
02. The Master Storyteller
03. Nailed
04. Hide in the Fairytale
05. The Gift of Music
06. 30 Pieces of Silver
07. Drown
08. Altar to the Unknown God
09. Light of the World
10. As the World Bleeds


Check um teaser do álbum no YouTube: http://youtu.be/lRqVm0eLt68


"As the World Bleeds" pode ser pre-encomendado pela a Ulterium Records Store: http://www.ulteriumstore.bigcartel.com


Theocracy está indo indo para a Europa para uma turnê de  oito datas como headliner,que começa a partir de 21 de outubro, onde passa pela aHolanda, Alemanha, Suíça, Eslováquia e República Checa.


News

Instagram

Postagens populares

Pesquisar este blog