[SIN] KILLER: HM : Ghost BC, satânico, pero no mucho

segunda-feira, junho 23, 2014

HM : Ghost BC, satânico, pero no mucho

Por trás das crenças do NAMELESS GHOUL do Ghost BC.


STORY AND

PHOTOS BY

ROB HOUSTON


http://hmmagazine.com/blog/feature/ghost-bc/




O DIABÓLICO GHOST. Tal como seus precursores ​​de shock-rock, Ghost BC está confortável fazendo você se sentir desconfortável.


Igualmente a muitos grupos de shock-rock antes deles, o ghost B.C. se sente confortável deixando as pessoas desconfortáveis.

A banda não tem medo de se mostrar, produzindo imagens, a maioria bíblicas, bastante satirazadas em seu visual e conteúdo lírico. Eles se auto-proclama como um ministério de adoração diabo, cujo objetivo final não é necessariamente a sua conversão ao satanismo, mas sim "iludir" aqueles entre nós, sobre o fato do fim – que na verdade não é uma coisa ruim. Para espalhar seu evangelho profano - como muitos de seus antecessores antes deles - eles descobriram o rock and roll o meio perfeito para chegar a sua mensagem.

Eu fiquei louco pela banda no ano passado; eles são uma das melhores bandas de rock que ouvi - e visto - em um longo tempo. Assim como Alice Cooper chamou a juventude dos anos 70 para o lado negro, Ghost continua a desafiar o público com a sua percepção tradicional de entretenimento. Eu entrevistei o The Ghoul - a banda reveza de posições, às vezes o Ghoul, de vez em quando o deus do sexo underground Papa Emeritus - disse-me que não há interesse em estar na TV mais tarde da noite por causa de sua aparência de palco e personagens anti-cristã/Católica (Pessoalmente, eu já vi muito pior na TV, é uma pena que a banda não vai ter essa chance.

Seção Um: O novo álbum.


Em entrevistas anteriores, o Ghoust deixou claro que havia um tema em cada álbum. Você pode resumir os dois temas dos álbuns anteriores para os não iniciados?
A primeira faixa "Opus Eponymous" (que significa "o auto-intitulado Opus", em latim), é sobre a antecipação de Satanás que vem, em carne e osso, para o mundo em que vivemos. O fato é que nem todas as letras vão de acordo com isso, mas é muito bonita toda a estrutura ao redor do álbum.
Quanto ao segundo, é sobre o nascimento de Cristo neste mundo.

Você disse recentemente que vai começar a escrever o terceiro disco no final do ano. Você já sabe qual tópico será o próximo registro ?

Eu sei exatamente o que vai ser, porém você não, e eu não vou te contar.

Não pode ser revelado no momento?
Exatamente.

No ano passado, você foi para o 606 estúdios com Dave Grohl. Eu sei  que ele f o reel-to-reel, fitas e outras coisas. Portanto as músicas que vocês gravaram, como o cover do ABBA e Judas Priest,foram registradas no modo reel-to-reel de antigamente. Como foi a gravação usando o mesmo processo?

Bem, foi divertido e tudo mais. Foi o máximo. Toda a gravação foi uma festa . Foi ótimo em todos os sentidos; prazeroso. (risos).

Há planos para trabalhar com Dave novamente?
Não. Não agora,. Eu não sei, na verdade. Não, não temos falado sobre isso, mas espero que sim. Ele é um cara legal; um cara muito legal.

No primeiro Vice webisode, o Papa falou como a banda queria que o próximo Papa viesse para o Ministério. Será que vamos ver essa tendência continuar pro Papa III?

Sim, claro. Você acabará, não posso dizer quando ou como, mas - como tudo que eu sei sobre isso - eu não posso te dizer agora. Ele vai estar em torno de, mais cedo ou mais tarde (risos).


Segunda Seção: Arte e Motivo
Vamos falar sobre alguns dos motivos por trás da cruzada de vocês. Quando perguntado se a banda acredita em Satã, o Ghoul sendo entrevistado respondeu: "Nós apenas esperamos que Ele acredite em nós." Será que ele mostrou acreditar na banda? Como ele fez isso?

Sim, eu diria que sim, considerando que nós somos praticamente um sucesso, até agora, cantando louvores a ele, eu diria que sim. Muito. Mas olhando ao redor, eu diria que ele está muito feliz com a maneira em geral como as coisas estão indo, com relação à sociedade.

Acho que ele tem grande orgulho da maioria de nós - de você também, de mim também - com a vida que estamos levando, (com) o capitalismo, as pessoas nas ruas e tudo. Em praticamente tudo ao seu redor, ele está feliz.

Em um webisódio recente no Vice, o Papa diz que os fãs olham para vocês como sacerdotes, mas sem a culpa, violação e corrupção que vieram com a igreja. Você sente que o Ghost está mostrando ao mundo que a Igreja Cristã e / ou Católica é tão má ou satânica, como algumas pessoas dizem que é Santa?

Sim, acho que sim. É um vestígio, ou maquete, sobre isso, então sim. Praticamente assim. É a mesma coisa, na verdade.

Há algo que vocês respeitam de Jesus e de seus ensinamentos, ou ele é o inimigo por completo?

Oh sim. Com relação à banda, ele seria considerado o inimigo. Se você me perguntasse em um nível pessoal como artista por trás da banda, eu diria que, sim, ele era um cara legal. É claro  o Jesus bíblico era; Seus ensinamentos foram

: "Seja bons uns para com os outros." Mas eu realmente não consigo ver muitas pessoas indo para o céu, achando que vão, contudo, vivendo a vida que eles vivem.

Será que Jesus aprovaria o que fazemos? Será que Jesus aprovaria o que vocês estão fazendo? Hoje em dia, cristãos professos, vocês realmente seriam bem-vindos no céu, você acham, pelo que estão fazendo agora? Acho que não.

Digo que Jesus era sábio, provavelmente, e um ser humano gentil. E eles pregaram numa cruz por causa disso. Acho que, se Ele viesse nos dias de hoje, ele seria pregado numa cruz, mais uma vez, muito mesmo.

Eu vejo as músicas como um protesto contra igreja, como Rage Against the Machine tem músicas de protesto contra o governo. Você vê a banda e as letras um pouco assim? 

Sim e não, realmente. Tanto quanto é divertido, eu diria que estamos mais brincando, não só no sentido de ser divertido de se ouvir. Este é mais entretenimento do que eu jamais iria chamar Rage Against the Machine, que tem uma agenda muito sério na luta contra o sistema que está na direita agora, enquanto nós somos mais do tipo: "Este é um negócio de arte; estamos fazendo uma imagem que gostaríamos de mostrar para as pessoas. Olhe para isso como um filme de terror. Claro, que se adapta por completo ao  mundo em que vivemos. Não vai ser levado a sério por alguns, e por outros, vai ser tratada como uma banda de quadrinhos ou outros, sei lá. Não importa, realmente. Eu não posso ditar como as pessoas percebam isso, ou mesmo se eles entendam. É apenas o que é, mas eu não diria que somos tanto protesto como somos só escárnio, efetivamente. Se eu fosse protestar contra a igreja, eu iria fazer isso por outros meios. Eu faria mais do que apenas estar em uma banda de rock and roll, se divertir e ficar bêbado.



We are more like,
‘This is an art deal;
we’re making a
picture we like to
show people.’
— A NAMELESS GHOUL

Help na tradução --- 
Paulo Henrique Silva Pinto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Please 'Like' all the time... If necessary, use words...

News

Instagram

Postagens populares

Pesquisar este blog