[SIN] KILLER: Eluveitie - Folk Metal? Pagan?

sábado, outubro 28, 2006

Eluveitie - Folk Metal? Pagan?

[Segundo o myspace, do Eluveitie, o rótulo sobre sua música, agora é '- New Wave of Folk Metal".]. A entrevista publicada no fanzine 'heaven's metal' estou postando aqui no Sin Killer...

Eluveitie - Não somos uma 'banda cristã' diz Chrigel.

Talvez, ainda seja preciso dizer que, Eluveitie, não é uma banda cristã, caso ainda tenha essa dúvida na sua cabeça. Numa entrevista, um pouco curta, o fanzine
'heaven’s metal', publicou essa entrevista, que agora você pode ler em português. Por fazer parte do cast, de um selo, que tem muitas bandas cristãs, ‘estou falando da Fear Dark’, O Eluveitie, foi erroneamente rotulado de banda cristã, por pessoas que não especularam uma informação mais correta, causando assim, um desconforto na banda e também, em quem os questionava sobre isso, que no caso, recebia altos insultos como no meu caso, do qual, hoje não tiro a razão deles. É claro que eu adoria que, ‘Eleveitie’ fosse uma banda que glorificasse o nome do Senhor Jesus Cristo, não só com sua música, mas com suas vidas, mas infelizmente, não é assim. Mas não os considerem ‘from hell’ por causa disso, se é um estilo que te agrada, a minha palavra, é que; dirvita-se!!!Particulmente, gostei bastante dessa entrevista. Se quiser, veja a entrevista em inglês nesse link Eluveitie ou http://www.eluveitie.ch/
Tradução - Heder Osny

Conte-nos como é a cena daí em relação a shows ao vivo. Como são as platéias e as reações nos shows?
Chrigel: É meio dificil de dizer, pois eu não costumo ir a shows muito frequentemente. Mas acho que a nossa cena musical é mais ou menos como no resto da Europa ocidental. Vendo alguns DVDs de bandas como Machine Head e Lamb Of God, eu aprendi que as platéias americanas são mais “violentas”. Quer dizer, aqui você dificilmente vai ver o pessoal abrindo rodas em shows. Em nossos próprios shows, as platéias são semelhantes às de outros shows de metal por aqui. Fora isso, algumas pessoas aparecem com chifres de bebidas e às vezes até com algumas vestimentas celtas. Mas isso também não é nada de especial dentro da cena do pagan metal. Normalmente, em nossos shows nós temos uma bela de uma festa com nossos fãs… eles são bem animados, gritam junto, mergulham do palco,e por aí vai. Boas festas.

E quanto a seus shows são teatrais? O quanto vocês se movem ou ficam parados no palco? Por que o elemento visual é importante em seus shows ao vivo? (ou não?)

Chrigel: Eu acho que as nossas performances ao vivo são atmosféricas e enérgicas. Em parte, nós trabalhamos com efeitos sonoros(sons da natureza) e por aí vai. Além disso, nossos shows sempre têm momentos atraentes, místicos, meio que “ritualísticos”, como por exemplo, quando tocamos a música de abertura (como “D’Vêritû agâgê d’Bitu”).Fora isso, acho que nós executamos mais ou menos o comum para um show de metal vigoroso. Bom, nós REALMENTE não somos de ficar parados, há muita ação ocorrendo no palco, muito movimento, os músicos bangueando (bangueando em círculos, já que alguns membros da banda têm cabelos bem longos, hahaha) e por aí vai.Porque? Eu não sei… Apenas é o jeito que acontece, eu acho. Algo que vale mencionar sobre nossos shows é que nós usamos muitos instrumentos(inclusive os históricos), como as gaitas-de-foles, rabecas e por aí vai. O que você recebe em show do Eluveitie, em termos musicais é o mesmo que você encontra no CD – nós não reduzimos a instrumentação das músicas para deixar as coisas mais fáceis para nós no palco.

Quais são os seus pensamentos quando as pessoas questionam sobre artistas cristãos envolvidos em uma cena chamada de pagan metal? (Eu sei que isso parece besteira, como perguntar a uma banda de death metal como eles podem tocar o “metal da morte”, mas as pessoas realmente questionam isto)

Chrigel: Você tem razão, volta e meia esta pergunta vive aparecendo. Bom, pra começar, preciso dizer que nós não somos “artistas cristãos”, então talvez não haja problemas com isso. ;) O Eluveitie não é uma banda cristã. Nós temos dois integrantes da banda, no entanto, que seguem os ensinos ancestrais que levam ao “caminho”, mas os outros membros não… então, isso não faz do Eluveitie uma banda cristã. Claro, já tocamos algumas vezes com bandas cristãs, na maioria das vezes porque a nossa gravadora, a Fear Dark, contratou algumas delas. Nós somos neutros e abertos a esse respeito. Quer dizer, se tocarmos, por exemplo, com bandas como Grabak, cujas letras falam de temas ocultos/satânicos (que não caem muito bem para o Eluveitie, hahaha), então porque não tocar com bandas cristãs? Nós não temos problemas com isto. E quanto às pessoas que nos repreendem por isso e dizem que uma banda pagã não deveria nem tocar com bandas cristãs nem apoiá-las, nós apenas as consideramos como gente de mentalidade bem estreita. ;) De qualquer maneira, isto pode ser o motivo das pessoas insistirem tanto neste assunto. Bom, mas na verdade essa nem era a sua pergunta. Meus pensamentos pessoais são: Esta questão não é besteira (apesar de às vezes ser irritante, hahaha), mas revela que há preocupações e interesses sinceros envolvidosm que basicamente são bons. Além do fato mencionado acima, eu creio que tais preocupações surgem do mal-entendido generalizado de que “pagão” ou “celta” são atributos religiosos. Eu, pessoalmente, fico muito irritado quando as pessoas vêem o “celtismo” como uma religião, pois ele simplesmente não é! Os celtas são um povo, uma cultura que inclusive é uma das mais importantes na formação e história da Europa antiga! Eles tinham crenças e filosofias próprias, talvez, mas a questão não é simplesmente sobre religião. Na verdade, é ignorância reduzir a cultura celta a apenas uma questão religiosa. Eu comparo com os índios americanos (os Lakota, por exemplo): Um Lakota definitivamente É um índio, certo? E talvez ele viva a antiga religião Lakota e acredita em “Wakan Tanka” (“Deus” na língua Lakota). Mas talvez não! Talvez ele tenha encontrado a fé cristã e se tornado um seguidor de Jesus Cristo. E então? Ele não é mais um índio Lakota, apenas porque ele acredita em Jesus? É claro que é! Ele é um Lakota, continua um índio e sempre será. Ele apenas segue a fé cristã, agora. E é a mesma coisa com os celtas, está vendo? “Ser celta” tem mais a ver com uma certa origem étnica do que com uma religião. Assim, eu basicamente acho que essa questão não faz muito sentido, no fim das contas.
O que há na música e instrumentação celta que lhes atrai a atenção?

Chrigel: É dificil de dizer. Eu acho que é o mesmo que atrai os fãs do Eluveitie – pergunte a eles! ;) Pessoalmente, são duas coisas: Primeiro, é a minha cultura, quer dizer, eu cresci ouvindo esses sons. Segundo, eu amo a velocidade e liberdade das músicas celtas, assim como as harmonias e atmosferas tocantes que elas têm.

O que você achou das conquistas e do desempenho da Suíça nos Jogos Olímpicos de Inverno?

Chrigel: É… O que nós conquistamos lá? Eu não faço a menor idéia! Hahaha. Eu não sou muito ligado em esportes, portanto, isso não me afeta de maneira alguma. Quer dizer, é apenas uma competição; não passa de um jogo, no fim das contas. E sempre haverá um vencedor. Claro que é legal quando alguém da Suíça ganha alguma coisa, mas eu realmente não ligo. O que eu acho incrível sobre isso tudo é o quanto é gasto em dinheiro em eventos como as Olimpíadas. Quer dizer, é meio doido... Ao mesmo tempo, tem gente passando fome em alguns lugares (sem contar que certas bandas de Celtic Pagan Metal, poderiam fazer bom uso dessa grana também;).
Quando você vê o estado da política mundial(Europa, EUA, Oriente Médio), o que você acha que o futuro reserva? Quais são algumas das situações que você teme acontecerem?

Chrigel: Esta pergunta é dificil, pois é a entrevista de uma BANDA! Nós somos em nove membros, e certamente temos nove diferentes pontos de vista sobre este tópico! Às vezes, esses temas são muito pessoais e individuais. Pessoalmente, eu vejo algumas coisas que parecem meio apavorantes… A ascenção da China como uma potência mundial(não que eu exatamente tema isto, mas se ocorrer, não saberei o que esperar), ou muçulmunos furiosos nutrindo ódio pelo mundo ocidental, ou um presidente americano meio agressivo que é bem ligeiro na hora de bombardear um país que ele teme (desculpe, mas foi VOCÊ quem perguntou! Hahaha!), ou potências globais e mesmo países individuais constantemente desprezando as leis da natureza… Esse tipo de coisa. MAS: Eu não temo de verdade essas coisas. Quer dizer, eu sei que não posso afetar pessoalmente a política mundial, mas também sei que apesar de todas as suas guerras e idéias destrutivas, os humanos são apenas uma parte do todo.

A “grande roda” (hora da aula de mitologia celta! Hahaha!) continua rodando ininterruptamente, não importa o que os humanos façam, então...Voltando à música, quais são as 5 bandas que todos os leitores da Heaven's Metal deveriam conhecer?

Chrigel: Bom, eu diria que são as 5 bandas que eles mais gostam! E o Eluveitie, é claro! Hahaha.O que você gostaria de dizer especificamente para os leitores da Heaven's Metal(além do que você já disse na questão #3)?Chrigel: Nada de específico. Se algum dia nós tocarmos na América (nós nunca fomos para tão longe) e provavelmente encontrarmos alguns deles e tomaremos umas cervejas juntos, eu acho, e haverá bastante assunto para conversa.Quais são as suas músicas favoritas em Spirit e por que?Chrigel: É difícil de dizer. Acho que “Your Gaulish War“, “Of Fire, Wind & Wisdom”, “The Song of Life” e “Dance of Victory” são as que eu mais gosto, pessoalmente. Porque? Na maior parte por causa dos riffs usados, que me agradam muito. Algo mais que você gostaria de dizer?Chrigel: Muito obrigado por seu interesse em nosso trabalho! Sláinte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Please 'Like' all the time... If necessary, use words...

News

Instagram

Postagens populares

Pesquisar este blog