[SIN] KILLER: Michael Kiske : Fala sobre O Culto do Mal na cena Heavy Metal.

sábado, abril 05, 2014

Michael Kiske : Fala sobre O Culto do Mal na cena Heavy Metal.


O Culto do Mal na cena Heavy Metal


por Michael Kiske para o site http://www.metalblast.net/blog/kiske_evil_in_metal/

NOTA DO EDITOR: Há algum tempo atrás eu tive a oportunidade de entrevistar o incrivelmente talentoso Michael Kiske, depois de sua performance com o Avantasia em Amsterdã. Durante essa entrevista, Michael mencionou que ele estava desapontado com o que viu como o "culto do mal" na cena do metal, assunto sobre o qual nós continuamos a falar durante algumas extensas correspondências que trocamos e desde então, ( as nossas opiniões muitas vezes entraram em confronto).
Vendo o interesse que gerou pelas  de Michael  entre os fãs de metal, ele aceitou graciosamente o meu convite para a reflexão sobre esses pontos em um artigo de opinião para Metal Blast.


O problema com essa idéia de que "heavy-metal glorifica o mal" é que, infelizmente, muitas vezes é verdade. Não é apenas um "preconceito" de pessoas de fora do mundo do metal; é um fato que muitos dentro da cena ou não querem ver ou admitir, porque eles são hipócritas, ou porque realmente não podem isso, tornando-se completamente  tornando-se completamente dessensibilizados e moralmente insensíveis ao longo dos anos pela brutalidade da cena.

Em vez de sempre negar os fatos, a cena do metal deve finalmente começar a fazer algo sobre este problema e mudar o seu espírito, muitas vezes muito doente. Em vez de ser uma doença moral, deve tornar-se um curador moral! É claro que ser positivo ou "moralmente bom" na arte não significa que você tem que pintar o mundo de cor de rosa; afinal de contas, a agressão pode ser bastante positiva quando é justificada por uma boa razão. Para expressar um indignação  justificável  sobre algo pode ser muito agradável, curativo,  e positivo; o problema acontece quando as agressões, frustrações ou ser negativo se torna um "ideal".

Felizmente, existem muitas bandas idealistas dentro da cena do metal que sustentam boas ideais. Helloween (pelo menos durante os meus anos) sempre foi muito idealista e bastante singular, mesmo que o nome estúpido faria você pensar de outra maneira (eles nomearam a banda quando eram adolescentes e, assim que se tornou sucesso ficaram empacados com isso).  Eles nunca foram satânicoS (Michael Weikath é um católico, e eu sou um cristão sem denominação que acredita no bem, Deus, Cristo  e o Espírito,  e no sentido moral em geral de nossa existência).
o mesmo acontece com o Avantasia, que também é uma banda muito positiva e idealista, com letras edificantes; e com o Unisonic, que embora  eu considere uma banda de rock, mesmo quando eu (nós) faço  metal, eu (nós) tento fazer  esse tipo de música diferente, assim como eu acredito que eu sempre fiz. Se é verdade que existem mais bandas como estas, certamente há uma tendência muito destrutiva e um fantasma  satânico, doente dentro da cena heavy metal envenenando esta música e as almas de muitos.

Quando adolescente eu comecei a ficar animado com rock, hard rock e heavy metal, mas quanto fiquei mais velho, eu tive  problemas, eu me envolvi com o lado dessa cena que glorifica o mal. Embora para um número de anos eu ainda saiu de cena completamente e ficou muito irritado com ele, descobri que apenas para condená-lo e fugir não era uma solução.

Apesar de eu ter saido da cena completamente por anos, e ficar muito irritado com ela, descobri que apenas  condená-lo e fugir não era uma solução. É sempre fácil de fazer isso, e muitos hipócritas gostam de apontar o dedo para o chamado evil, só assim eles podem ver a si mesmos como "os bons" e se sentir melhor. No final, isso é apenas o egoísmo e hipocrisia. A maneira certa cristã não é para condenar e fugir, mas amar nossos irmãos e irmãs, mudar os corações e salvar as almas!

Nós todos temos o mal em nós e todos nós somos pecadores; Eu não sou nenhum santo,  não sou melhor do que a maioria das pessoas, mas eu tenho fortes ideais humanos. Eu acho que hoje em dia é muito melhor  tentar representar   um espírito diferente, como um cantor de rock ou metal,  para começar algumas discussões construtivas dentro da cena, do que condená-la; qualquer pessoa com um bom coração e vontade pode, e deve, fazer a diferença na vida por defender  bons ideais. Se não fizermos isso, não somos nada!


Ainda hoje eu tenho grandes problemas com o heavy metal  e por representá-lo tanto; e dói quando eu vejo  uma porcaria do tipo satânico, já que eu não 'suporto' o coração estupido e alma decadente em tudo! Quando eu vejo certas revistas de metal-revistas, por exemplo, muitas vezes eu sinto que eu poderia simplesmente jogar fora por  causa de todas as doenças lá. Algumas pessoas nessa cena são muito moralmente perturbadas, e parece que essas revistas especialmente quer promover  essas as bandas que  glorificam o mal, que reforçam a impressão de que o metal é só isso.

Eu ainda gosto de música de hard rock e também a cena metal  em festivais, etc; a maioria dos fãs de metal também são completamente inofensivos, de bom coração e doce, e eu gosto muito deles! O problema é que, embora não há nada moralmente mal sobre a música rock, o satanismo e fascismo são definitivamente mentes  envenenadas e doenças malignas. Enquanto o fascismo se eleva acima das outras nações, afirmando ser melhor e ainda "mais humano" do que outros, o satanismo não é em um plano individual.

Satanistas não vão se curvar diante de um Deus ou qualquer coisa maior do que eles, uma vez que só respeitam a si mesmos e não aceitam nada acima deles. A verdade, porém, é que, se você não pode curvar-se diante do que é maior ou mais sábio do que você, então você é muito pequeno, fraco e incapaz de crescer. Se algo verdadeiramente belo e divino não faz você cair de joelhos no amor e admiração, você simplesmente não têm bom senso pra isso. É preciso grandeza para respeitar ou adorar o  que é maior e melhor do que nós, e é sempre um sinal claro de uma pequena alma e uma mente fraca, sem moral,  quando uma pessoa é incapaz de respeitar as qualidades dos outros e de seres superiores. Embora nunca deva curvar-se diante de ditadores e tiranos que não gostam de nós e só nos oprimem, uma pessoa boa e forte é sempre capaz de respeitar e amar a verdadeira grandeza.  Se ajoelhar para o que é maior do que nós não nos faz menor ou mais fraco, na verdade, nos faz crescer e ficar mais forte.

Satanismo está  espalhando um monte de mentiras morais perigosas que realmente estragam as mentes dos jovens, e apenas um indivíduo honesto que busca por uma compreensão mais profunda da vida moral pode desenvolver um remédio. Quanto mais o nosso coração está adormecido, o mais superficial nos tornamos sobre questões morais. Até mesmo os amigos que eu amo muitas vezes não entendem estas questões profundas o suficiente ou  as levam a sério  como elas realmente são; e a superficialidade moral é extremamente comum dentro da cena heavy metal, que é precisamente o trabalho e o objetivo do Anticristo.

A cena  metal precisa entender que não há absolutamente nada legal, sexy, livre ou indivídual sobre o mal. Se sua irmã ou seu irmão for assassinado  por uma alma do mal, o que é legal nisso? Se você teve alguma experiencia com mal, você vai saber qual é a moral, na realidade. Algumas pessoas realmente precisam passar pelo inferno antes que elas realmente entendam que o mal não é uma qualidade, mas uma fraqueza horrível; é a ausência de luz e de coração, que é a morte da alma!

Estou absolutamente convencido de que nós, como seres humanos, Estamos numa luta constante entre a escuridão e a luz, ódio e amor, a morte e a vida, a espiritualidade e o materialismo, o bem e o mal. Todos nós temos dois lados como realidades possíveis em nós; foi dessa forma  que Deus nos criou para que todos consigam   conhecer o bem e o mal. A questão é que para qual lado nós estamos vivendo quem nos  governa. Qual o caminho que nós escolhemos? Quem estamos ouvindo? Devemos crescer no bem pela  experiência do mal, e não se apaixonar por ele; através do mal que devemos aprender o valor do bem, e não se tornar maligno. Aprendemos com ódio o valor do amor, da traição o valor da amizade e da confiança, da escuridão a beleza da luz, do materialismo a importância da espiritualidade honesta. Nós somos responsáveis​​, e também seremos responsáveis, após a morte, por tudo o que fazemos, falamos, pensamos ou sentimos na vida, independentemente de nossas crenças pessoais ou religião. Nossas almas serão salvas pela maneira como vivemos nossas vidas, e não pelas instituições.

Você não precisa de religiões tradicionais ou igrejas para encontrar Deus; você não precisa ir a igreja para ser espiritual, nem você precisa ser contra a ciência para ser espiritual (e você não precisa ser um materialista para ser um cientista também!); você nem precisa necessariamente de um Deus para acreditar no valor do bem e do amor e da compaixão (muito embora,  o nosso Pai no céu é mais real do que todos nós somos).

Se a cena metal  quer reagir a (muito justificada) alegação de promover o mal, então ele precisa mudar! Ele precisa de bandas mais positivas com alma e inteligência moral, com energia decente e sabedoria do coração. A cena metal tem perdedores da moral, que só pode espalhar sua doença moral,  escuridão interior, alma-morta e negatividade. Revistas de metal devem meter moral na 'bundas' deles mesmo  para o bem, e compreenderem a sua responsabilidade para a nossa sociedade. NÃO é legal  promover o mal, brutalidade e desumanidade; a única solução que vejo aqui é uma mudança moral dentro da própria cena, ao invés de sempre tentar negar a realidade.

May the force be with you! ;-)



Este artigo não deve ser interpretado como uma aprovação do autor ou  qualquer um dos conteúdos deste site, todos os quais são de responsabilidade de seus respectivos autores. 

Este artigo é uma opinião e não refletem, necessariamente, as opiniões ou sentimentos do  Metal Blast ou sua equipe.


english txt/fonte http://www.metalblast.net/blog/kiske_evil_in_metal/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Please 'Like' all the time... If necessary, use words...

News

Instagram

Postagens populares

Pesquisar este blog