[SIN] KILLER: AS I LAY DYING : O ex guitarrista Nick Hipa responde "acusações caluniosas" de Tim Lambesis

quinta-feira, maio 22, 2014

AS I LAY DYING : O ex guitarrista Nick Hipa responde "acusações caluniosas" de Tim Lambesis


Depois que Tim Lambesis foi condenado a seis anos de prisão na sexta-feira, o AltPress publicou uma entrevista  deslumbrante,  leitura obrigatória com Lambesis onde, na minha opinião, o cara jogou todo mundo da  banda e sua ex-mulher sob o ônibus, passando a culpa para todo mundo, além dele.

Durante a longa entrevista, ele mencionou seus colegas de banda por cortar a comunicação e não estar lá por ele. Ele também pediu para deixar as  questões caluniosas religiosos e outras. Foi duro e tenho certeza que seus ex-membros de banda não  ficaram lá muito satisfeito.

O  ex membro da banda, Nick Hipa, uma das duas pessoas Lambesis identificados como o que entrou  em contato com ele, ainda que brevemente, falou hoje cedo através de sua página no Facebook para dar o seu lado da história numa nota eloquente e comovente.

Sexta-feira passada eu estava sentado em um tribunal para apoiar um amigo. Durante a maior parte de uma década nossas vidas profissionais e pessoais foram formadas em um relacionamento semelhante a uma família. Como uma  família, a intenção da minha participação foi a reconhecer publicamente o cuidado profundo e compaixão que tenho por essa pessoa.

Vi quando ela procurou forças para observar  o  transgressor dela  pela primeira vez em mais de um ano desde quando desvendou o  seu plano de tê-la assassinada. Eu ouvi ela descrever o amor que chegou a possuir   por este homem a quem ela adorava, confiava, e dependia dele como seu marido. Acompanhei  todo o tempo ela detalhando  seu abandono por ela   e de seus filhos; uma traição ele fracassou,  mas optou pela  culpa  num sentido perdido da moralidade. Esta desculpa tornou-se ainda mais desculpada por uma defesa que o abuso de drogas tinha nublado seu julgamento.

Ela tentou reconstruir a vida com  os três filhos pequenos separada de um homem que os tinham como descartável. A força e a resiliência destas crianças, a quem ela salvou de abandono, pobreza e certamente morte prematura ---- estavam sendo ainda mais desafiados por este desenrolar interno. Seu desejo era dar-lhes amor e estabilidade, sua resposta foi de tê-la executada.

Observei sua defesa reconhecer o crime, mas defendeu ele  mais uma vez com o argumento de que os esteroides criaram uma instabilidade mental. Acompanhei como a promotoria lembrou ao tribunal de uma série intrinsecamente calculada de ações que ocorrem ao longo de várias semanas. Um esquema que envolvia o uso de seus filhos para garantir códigos  do portão  que seria para  o assassino, e os seus planos para a sua futura exploração como álibi; um trama indicativo de premeditação cuidadosa sobre mente vazia momentânea.

Eu vi como o juiz destacando  quantos homens usam esteroides, mas não tramam assassinar mulheres inocentes, e para alguém  avançar para tal ação revela algo torcido dentro de seu caráter. Ele continuou a apontar que o desejo de envolver as crianças em tais assuntos é profundamente perturbador e repreensível também.

Os relatos que eu interpretei dentro desse tribunal eram detalhes de pessoas e um passado que eu tinha conhecido e observado em primeira mão. Todos e tudo foi como se eu soubesse... 

Eu compartilho isso em resposta a uma entrevista entre Tim Lambesis e Ryan J. Downey que foi publicada pelo site AltPress.com  momentos após esta mulher e sua família receberam o seu encerramento. Por trás da fachada de um homem penitente com perspectiva renovada, restaurou a fé, e remorso aparente é uma agenda bastante terrível para prejudicar ainda mais as vidas e reputações de seus não-partidários. É a defesa de comportamento nivelou todos  aspectos de uma mulher inocente e crianças traumatizadas que já perseveraram através da dor real da vida de órfão.


Não há contrição em seu jargão pseudo-filosófico, e a avaliação verbalizada de seu relacionamento comigo e com antigos companheiros de banda é calúnia absoluta.  Eu tinha falado com ele diretamente, longamente de como 100% do meu coração, amor e lealdade estava sendo dirigido em apoio a suas vítimas. Aquelas vítimas foram pessoas que eu tinha aberto o meu coração como família por muitos anos e pra quem  eu oro para  encontrar a cura de seu terrível abuso. Em completo desrespeito pela verdade como eu tenho certeza que ele entende isso, ele optou por fabricar os motivos que nos descrevem, ,  abandonamos ele por uma decisão de negócios insensível.


A intenção de sua difamação é criar um ar de simpatia e apoio sob a falsa pretensão de um futuro contando tudo. Infelizmente, isso tem funcionado até certo ponto, como muitos estranhos trabalham nisso para projetar ódio contra aqueles de nós que escolheu  defender os assuntos  inocentes de seus crimes. 

É lamentável que ele utilizou esta plataforma como um meio para justificar sua conduta. A promotoria do caso, marcou ( perfil) dele como um narcisista sociopata em clara necessidade de reabilitação. Para aqueles de nós que verdadeiramente conhecem o homem por quem ele é, é vergonhoso que, apesar de tudo, ele ainda é como ele sempre foi e assim como eles dizem. 

Para Jordan, Phil, Josh, e eu, nós vamos continuar seguindo em frente ciente de que nos agimos  honrosamente,  amorosamente e com lealdade pelas  pessoas que realmente merecem.

Eu dou meus parabéns ao Nick por esta texto maravilhosamente escrito e, mais uma vez minhas simpatias vão para ele, seus colegas de banda, Meggan Lambesis e todos afetados por más decisões de um sociopata. 

Fonte : http://www.metalinjection.net/latest-news/tim-lambesis-trial/former-as-i-lay-dying-guitarist-nick-hipa-responds-to-tim-lambesis-slanderous-accusations

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Please 'Like' all the time... If necessary, use words...

News

Instagram

Postagens populares

Pesquisar este blog