[SIN] KILLER: Korn : Brian ' Head' Welch fala sobre encontro com o Tim Lambesis, na cadeia.

quinta-feira, maio 22, 2014

Korn : Brian ' Head' Welch fala sobre encontro com o Tim Lambesis, na cadeia.

Via https://www.facebook.com/kornbrasil


Brian ' Head' Welch, guitarrista do Korn e frontman da Love and Death, escreve uma coluna
popular chamada ‘HeAd’s KoRner’ para a Loudwire .

Em seu mais recente post , Head fala sobre como foi visitar Tim Lambesis, vocalista do As I Lay Dying, que foi condenado a seis anos de prisão sob a acusação de contratar um assassino de aluguel. Ele também fala sobre uma situação semelhante que ele experimentou em sua própria vida. É a edição mais forte edição de HeAd’s KoRner’. Confira abaixo :


Dando uma olhada no espelho.

Era o ano de 2000. Eu estava em um quarto de hotel com alguns membros da banda, alguns amigos e alguns dos membros da equipe do KoRn. Nós tinhamos uma ou duas 8-ball de cocaína (aproximadamente 3,5g cada), derramadas sobre algumas mesas. Todos estavam com caras ruins e as conversas tarde da noite movidas a cocaina estavam em pleno vigor - discussões dramáticas sobre as coisas negativas da vida, acabaram saindo do controle.

Na época, eu estava passando por um divórcio desagradável. Poucos meses antes, minha ex esposa havia levado seu namorado e alguns amigos para morar em nossa casa, e eu estava, obviamente, cheio de raiva , ódio , tristeza, amargura e vingança. Honestamente, eu queria que eles estivessem mortos. Tudo em mim desejava isso. Quer dizer, eu era uma " estrela do rock", quem eram eles para fazer isso comigo? O problema com tudo o que eu estava sentindo por dentro é que não faz parte da minha índole machucar alguém, eu nunca tinha sido uma pessoa muito violenta. Eu tive que beber e cheirar muito para ser corajoso o suficiente para sequer considerar tomar ações vingativas contra minha ex mulher e o cara que eu pensava estar arruinando a minha vida no momento .
Mas tinha outra coisa que me fazia exitar, bem... o medo. O namorado da minha ex esposa e seus amigos faziam parte de algum tipo de grupo de skinhead. Não é nenhum segredo que esses tipos de pessoas são muito bem conhecidos por sua violência, sem se importar com as consequências. Eu temia que se agisse pelo sentimento de vingança que estava sentindo, eu poderia estar colocando a mim, minha filha e alguns dos meus amigos mais próximos em grave perigo .

Mas cara... Eu tinha uma infinidade de emoções dentro de mim e eu não sabia como lidar com elas. Tudo o que eu poderia fazer para tentar lidar com todo o ódio e a dor que eu estava sentindo era o constante abuso de álcool e cocaína para me entorpecer, o que me levou até a conversa naquela noite, cheirando cocaína naquele quarto de hotel.

Um dos membros da equipe que estava no quarto do hotel comigo naquela noite havia se envolvido com gangues no passado e havia chegado a um ponto bem alto na cadeia de comando. Olhos estalados, chapado, perguntei-lhe : "O que é preciso para que minha ex esposa e o namorado se machuquem tipo, muito ... ou pior? "

Agora, talvez essa pergunta tenha sido inspirada por todo a cocaina no meu sistema, eu não sei. Mas naquele momento , eu posso honestamente dizer que eu desejava que eu tivesse contratado alguém para matar minha ex esposa e seu namorado. Em minha mente, minha ex mulher não valia nada e eu sentia que ela merecia algum grande castigo para o que ela fez para mim e nossa filha. Eu já havia os assassinado em meu coração.

Olhando para trás hoje, eu sou tão grato por aquilo que saiu da boca desse cara. Quando ele me olhou nos olhos com o olhar mais sério que já me foi dado, ele disse:

"Head, se você cruzar essa linha, você nunca mais poderá voltar . “

Eu conhecia o que esse cara tinha visto e enfrentado. Eu ouvi todas as suas histórias. Seu rosto parecia dizer tudo; Eu não era violento e eu precisava somente seguir meu próprio caminho e me concentrar em minha filha.

Eu sou tão grato que ele não tenha derramado gasolina no fogo do ódio que estava queimando em mim. E se ele fosse egoísta e tentasse arrancar uma bolada de grana de mim e me encorajasse a seguir adiante com aquilo? E se ele me encorajasse a assassinar como o caso do Tim Lambesis? E se, em meu mais baixo, mais fraco momento, com a mente toda perturbada por conta da cocaína, eu fosse levado a concordar em fazer um pagamento para darem um fim na minha esposa e no seu namorado? E se o pistoleiro terminasse sendo um cara que precisasse dar aos policiais algo grande para se livrar de um grande problema que ele estivesse envolvido?

Eu estaria em uma situação muito semelhante à do Tim Lambesis.

Eu não sou muito diferente do Tim. Eu não acho que algum de nós seja. Todos nós somos capazes de fazer más escolhas sob o peso de circunstâncias pesadas. Uns podem se encaixar de um jeito e outros podem se encaixar de outros jeitos. Umas pessoas conseguem lidar mais ou menos do que outras, mas TODO MUNDO tem um certo ponto de ruptura – especialmente se há outras substâncias envolvidas.

Quando eu soube da prisão do Tim Lambesis, eu fiquei realmente chateado porque eu instantaneamente tive um flashback de estar praticamente naquele mesmo lugar escuro com o meu divórcio. Eu tentei visitar o Tim logo em seguida, mas não consegui fazer isso. Eu obviamente me senti horrível sobre quanto a sua esposa deveria estar completamente chocada e assustada ao ouvir as notícias, mas o meu coração se compadeceu muito pelo Tim porque muitas pessoas imediatamente quiseram linchá-lo.

Não eu e minha equipe.

Nós acreditamos em segundas, terceiras, até mesmo cem chances, se for preciso. Digo, nós recebemos incontáveis chances, então por que não o Tim? Ele é um cara normal que caiu no mais escuro, mais confuso, lugar vazio. Ele precisava de irmãos, não inimigos.

Eu tinha um show no Texas cerca de um mês antes da prisão e me diverti com o Tim e os caras do “As I Lay Dying” por alguns minutos no ônibus deles. Eu não era muito íntimo deles, mas nossos caminhos tinham se cruzado na estrada por algumas vezes e nós todos tínhamos muitos amigos em comum. Como você pode ver, tudo isso era EXTREMAMENTE perto de casa para mim. Todos eles eram ótimos caras e eu não poderia ter imaginado nos meus mais loucos sonhos o que estaria esperando pelo Tim na próxima esquina.

Eu finalmente fui visitor o Tim há dois meses atrás na casa dos pais dele pois ele estava em prisão domiciliar. Eu e o meu amigo “Ryan Ries” do “The Whosoevers” levamos um pouco de comida mexicana para o Tim e sua namorada e apenas nos divertimos e conversamos. Tim estava tão humilde, cheio de remorso e lúcido sobre tudo. Ele e sua namorada realmente nos encorajaram, assim como fizemos com eles. Nós também escondemos uma pimenta bem picante no burrito do Tim como no filme “Debi & Lóide” para quebrar o gelo, e porque foi muito engraçado (risos).

Eu disse ao Tim que por mais estranho que possa ter soado, eu realmente estava animado a respeito do seu futuro. Eu tinha visto Deus criar belezas esmagadoras de uma pilha de cinzas tantas vezes, e eu estou ansioso para ver todo o bem que sairá dessa situação horrível.
Ver belezas renascerem das mais feias circunstâncias é um dos meus mais favoritos milagres para testemunhar. Elas provam que existe um Deus que sempre ama e nunca desiste dos humanos – não importa quão longe nós caímos.

Vamos todos tentar e doar vibrações positivas e orações para o Tim, Meggan e toda essa situação e assistir na medida que a beleza é formada de todas as cinzas.

HeAd

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Please 'Like' all the time... If necessary, use words...

News

Instagram

Postagens populares

Pesquisar este blog